Doze cães e gatos são encontrados mortos por envenenamento

0
1717
Veterinário confirmou envenenamento após atender um animal que sobreviveu Jenifer Gonçalves/Arquivo Pessoal

Moradora do Residencial Jardim Botânico registrou Boletim de Ocorrência; Polícia Civil deve investigar o caso

Uma moradora registrou um Boletim de Ocorrência após doze cães e gatos terem sido encontrados mortos por envenenamento no Residencial Jardim Botânico, no Bairro Coophema, em Cuiabá, na manhã dessa segunda-feira (6). Ao todo, treze animais foram envenenados, mas um deles foi encontrado por outro morador quando agonizava e está internado em uma clínica veterinária, de acordo com a protetora animal Jenifer Gonçalves Larrea.

O veterinário que prestou atendimento ao animal resgatado confirmou que o gato ingeriu veneno e o laudo foi anexado ao BO. A Polícia Civil deve investigar o caso.

Conforme a denúncia, Jenifer informou aos policiais que atenderam a ocorrência que o síndico do Residencial Jardim Botânico tem conhecimento dos casos. De acordo com ela, como os casos aconteceram dentro do condomínio, as consequências – como o pagamento da clínica veterinária para o gato que segue internado – são de responsabilidade do mesmo.

Ocorrência foi registrada e polícia deve investigar o caso

Outros casos

Jenifer contou que os casos de envenenamento de cães e gatos são recorrentes no condomínio. Em janeiro, três mortes foram registradas no local. De acordo com ela, muitos dos animais que vivem no Residencial Jardim Botânico foram abandonados no Parque Zé Bolo Flô, que fica ao lado do condomínio.

“Mas não é um problema de zoonose ou superpopulação, é maldade de quem não gosta de animais”, avaliou Jenifer.

Ela também contou que há três meses um morador que passeava com o cachorro pelas ruas do condomínio percebeu quando o animal comeu algo que estava no meio-fio.

“O cachorro dele começou a passar mal. Ele levou para o veterinário, mas em poucas horas o animal morreu”, disse.

 

Resgate de animais

Entre os gatos encontrados envenenados nessa segunda-feira (6), dois deles se tratavam de animais castrados por Jenifer, conforme registrado no BO. Ela contou que realiza um trabalho de captura, esterilização e devolução, ou seja, os cachorros e gatos abandonados são castrados e devolvidos ao hábitat natural, no caso, as ruas.

Jenifer já castrou 21 animais em situação de abandono que vivem nas ruas do Residencial Jardim Botânico.  Para ela, retirar os animais das ruas não é uma solução, já que as ONGs de proteção animal de Cuiabá estão superlotadas e muitas não conseguem mais se manter de portas abertas.

“Tem diferença de um animal abandonado e um animal selvagem, que geralmente são crias de animais abandonados. Eles não têm o contato com ser humano, acabam ficando ariscos”, explicou Jenifer.

 


Leia mais sobre Animais em Condomínio aqui

Fonte: Mídia News

Artigo anteriorFachada não pode ser alterada ou utilizada individualmente por Proprietário
Próximo artigoViolência, física e verbal, pode trazer transtornos à vítima

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here