Quando é a hora de contratar um síndico profissional?

0
74

Muitos condomínios estão optando por contratarem síndicos profissionais por muitos motivos. O principal objetivo é ter mais qualidade e também promover uma imparcialidade na gestão condominial.

O síndico profissional tem sido uma ótima opção por fazer um gerenciamento mais especializado, que analise melhor o financeiro, os recursos humanos, e toda a administração de uma forma geral.

Quando o síndico não é morador, ele acaba dedicando um tempo melhor ao condomínio, enquanto o síndico morador, muitas vezes só consegue se dedicar a gestão nas horas vagas. Sem contar que, por não morar no condomínio, o síndico profissional tende a não se envolver em conflitos, e nem tomar partido, devendo ser o mais imparcial possível.

Isto não significa que o síndico morador não seja imparcial, mas é que em algumas situações, o mesmo pode ser ‘encurralado’, pode não conseguir cumprir esse propósito com tanto cuidado. Acontece que ambos os modelos de síndico devem realizar uma administração transparente e ética.

Lembrando que a cobrança do trabalho e da responsabilidade do síndico profissional é a mesma.

Desde o planejamento, as prioridades, os investimentos, as melhorias, as metas propostas, as manutenções preventivas, os pagamentos das contas, e principalmente, a diminuição da inadimplência são itens que todo síndico deve se atentar e trabalhar nisso.

Eficiência comprovada 

Quando não existem moradores que tenham interesse em assumir o cargo de síndico do condomínio, a melhor solução é contratar um profissional. Mas para isso, é importante comprovar a experiência e o conhecimento desse profissional.

O portal Síndico Legal separou algumas dicas importantes que vão te ajudar a saber como contratar um bom síndico profissional. Acompanhe!

 Convocação de Assembleia 

Somente a assembleia de moradores pode deliberar por meio de votação a decisão de contratar um síndico profissional. E, posteriormente, escolher entre os candidatos qual o com perfil mais adequado para ser o prestador de serviços.

Cabe, ainda, à assembleia definir a validade do contrato de trabalho, o horário a ser cumprido, as atribuições e a remuneração do profissional.

Administradora de condomínio 

Ao resolver por contratar um síndico profissional, busque o respaldo da administradora do condomínio para ajudar no processo de recrutamento do novo prestador de serviço.

Perfil pessoal e profissional do síndico 

Busque recrutar um profissional que tenha características de liderança e organização, que saiba ouvir os moradores, negociar e se comunicar com fluência, transparência e periodicidade definida.

Além dessas características básicas, observe a formação do candidato.

O ideal é que ele tenha conhecimentos nas áreas de administração de empresas, contabilidade, direito e recursos humanos. Cursos de capacitação para síndicos realizados por entidades de classe também podem ser um diferencial importante.

Procure obter recomendações 

Ter um prestador de serviço em que se possa confiar e entregar a ele a responsabilidade de gestão de um condomínio requer algumas precauções. Por isso, procure se informar com outros clientes sobre a atuação dos candidatos nos locais onde passaram.

 

Tohea Ranzeti – Síndico Legal

LEIA TAMBÉM

👉INSCREVA-SE NA TV SÍNDICOLEGAL CLICANDO AQUI!👈


FAÇA PARTE DE NOSSOS GRUPOS NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

👉 CLICANDO AQUI! 👈

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here