Justiça obriga Caixa a retomar obra de condomínio paralisada há seis anos em Natal

0
26
Justiça obriga Caixa a retomar obra de condomínio paralisada há seis anos em Natal

Uma decisão de um juiz da 1ª Vara da Justiça Federal do RN atendeu ao pleito de mais de 150 famílias que são proprietárias de apartamentos do condomínio Residencial Ponta do Mar, localizado no bairro de Ponta Negra, zona sul de Natal.

A decisão judicial determina que a Caixa Econômica Federal retome a construção do empreendimento paralisado há mais de seis anos pela incorporadora JB&ATAF, que havia abandonado a obra por dificuldades financeiras.

Em sentença de primeiro grau, o juiz Magnus Augusto Costa Delgado entendeu que a Caixa possui a obrigação de substituir a construtora, gerir, fiscalizar e financiar os custos da obra até a sua conclusão de forma solidária com a incorporadora.

A decisão judicial beneficia tanto os mutuários da Caixa, como as pessoas que compraram unidades habitacionais no empreendimento diretamente com a incorporadora.

Para os advogados Flávio Times e Mário Pegado, do escritório J Pegado Advogados, da assessoria jurídica da Comissão de Adquirentes do Residencial Ponta do Mar, a determinação é uma conquista para os proprietários.

“Foi uma vitória muito importante no âmbito processual. Os adquirentes das unidades do empreendimento, que há muitos anos não tinham esperança em verem seus imóveis concluídos, devido ao abandono da obra pela incorporadora e pelas negativas da Caixa em retomar a obra, agora já veem que há real possibilidade de receberem os seus apartamentos”, declarou Flávio Times.

 

Fonte: Tribuna do Norte

 

LEIA TAMBÉM

FAÇA PARTE DOS NOSSOS GRUPOS 

👉 GRUPOS WHATSAPP👈

👉GRUPO TELEGRAM👈

👉INSCREVA-SE NO YOUTUBE

Artigo anteriorCondomínio em que doméstica morreu ao cair em poço de elevador se negou a dar informações sobre manutenção
Próximo artigoHomem libera a entrada de suspeitos em condomínio para roubar vizinho

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

12 + 6 =