Portas Corta-Fogo

0
622

A norma técnica ABNT NBR 11742:2003 é o documento que prevê regras, diretrizes ou características para as PCFs.

Somos bem familiarizados com esse equipamento, ao descer escadas no edifício onde moramos ou trabalhamos, até quando vamos ao teatro ou ao cinema ouvimos sobre ela e nos deparamos com ela ao entrar ou sair.

Sua função é impedir ou retardar a propagação do fogo; instaladas nas saídas de emergência e no acesso às escadas de incêndio, oferecem rota de fuga segura para os civis e acesso aos bombeiros.

A norma classifica as PCFs em função do tempo de resistência ao fogo – P-30, P-60 e P-120 – o numeral se refere ao tempo em minutos, embora a correta aplicação dependa da existência ou não da antecâmara e o cálculo de risco da edificação, a ser avaliado pelo Corpo de Bombeiros.

 

 

Toda PCF tem afixada uma etiqueta metálica que contém seu número de série e classe, ou seja, o tempo de resistência ao fogo. É exigência da norma que seja instalada com três dobradiças com fechamento por gravidade ou por dispositivo hidráulico (mola).

A recomendação é de que essas dobradiças ou molas passem por manutenção mensal para que as PCFs fechem sozinhas após abertas. Semestralmente, deve ser avaliada a condição da folha da porta e feita a lubrificação das dobradiças e fechadura.

Elas devem estar sempre fechadas, nunca trancadas, salvo raras exceções, como casa de máquina de elevadores, barrilete, shaft (prumada) de passagem de cabos e salas de distribuição de energia.

O uso de barras antipânico é comum em locais de grande público.

Lembre-se de que sinistros não marcam hora para acontecer; deixar na saída de emergência as cadeiras da cozinha que foram trocadas, que seja de um dia para outro, além de dificultar a passagem das pessoas são materiais extremamente combustíveis.

É fundamental que a saída de emergência esteja sempre desobstruída.


Fonte: O Condomínio e Você – Orandyr Teixeira Luz.

Leia mais sobre gestão aqui!

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here