Tecnologia: Home office em condomínios

0
387
Tecnologia: Home office em condomínios

Atualmente os condomínios têm aderido ao Home Office. Apesar do dia a dia dos brasileiros ser tradicional: despertar, se vestir e pegar a condução para ir trabalhar, porém, para outras pessoas isso já mudou.

Pesquisas recentes mostram que o Brasil já está aderindo a tal prática, mais brasileiros trabalhando em casa, resultando num grande impacto nas novas residências.

Empresas no ramo da construção civil já estão mudando a maneira de pensar, levando em conta o Home Office em áreas comuns dos condomínios residenciais, alterando as antigas áreas de lazer dando lugar a um espaço de trabalho, dispondo de espaço de leitura e reuniões. Tudo isso é revertido em qualidade de vida, diminuição do trânsito e o conforto de estar em “casa”. Sendo que pode ser utilizado desde o funcionário até mesmo o dono da empresa.

 

 

Ainda é um paliativo, muitas dessas pessoas ainda possuem uma carga horária definida na empresa, porém é algo que está crescendo muito pelos fatos de existir uma flexibilidade no horário de trabalho, tanto que a criatividade e o rendimento podem aumentar, além do que, terá um ambiente sem assédio entre outras prioridades.

Pensando nisso construtoras têm incorporado em seus projetos opções com disponibilidades de computadores, internet, mesas e cadeiras de escritórios dando essa opção ao morador de ter o seu escritório em casa. Além do que os custos de manutenção é um dos mais baixos.

 

 

A tecnologia tem avançado, grandes empreendimentos de coworking estão sendo construídos, e o condomínio não ficaria de fora. As pessoas querem comodidade e praticidade, devido isso, a escolha pelo home office tem conquistado os profissionais do país, além de gerar uma economia, promove também maior conforto.

Porém, pode haver problema quanto às regras da Convenção, portanto é recomendado que o síndico aborde isso na Assembleia para definir mediante aprovação dos condôminos quanto às regras do home office nos condomínios, já que em alguns casos, alguns profissionais que trabalham em casa, recebem seus clientes com frequência.

Gostou dessa matéria? Acesse nosso portal síndico legal para essas e outras.

 

Toheá Ranzeti – Redação Síndico Legal

Leia conteúdo exclusivo aqui!

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here