Serviços essenciais que os condomínios precisam manter

0
44
Se você é síndico e adotou algumas regras pensando em diminuir a circulação de pessoas, e principalmente a aglomeração de pessoas você está certíssimo
Se você é síndico e adotou algumas regras pensando em diminuir a circulação de pessoas, e principalmente a aglomeração de pessoas você está certíssimo

Mesmo com a pandemia e muitos fechamentos no comércio, alguns serviços condominiais são considerados essenciais e não podem deixar de serem feitos. Estando as áreas comuns fechadas ou não, com as novas normas de utilização sendo cobradas, ou até mesmo com a restrição da entrada de pessoas no condomínio, tanto visitantes como prestadores de serviços ou entregadores de delivery, é preciso salientar que alguns serviços devem continuar sendo feitos no empreendimento, para manter o bom funcionamento do condomínio, principalmente os serviços com relação a sanitização e limpeza, até para combater a propagação do novo coronavírus.

O portal Síndico Legal listou alguns serviços condominiais que são essenciais, e algumas orientações para ajudar os síndicos a agirem diante de tantas informações que a pandemia acabou modificando.

 

 

Serviços básicos

Se você é síndico e adotou algumas regras pensando em diminuir a circulação de pessoas, e principalmente a aglomeração de pessoas você está certíssimo. Porém é preciso cuidado com algumas medidas, já que no Art. 1.348 do Código Civil diz:

V – Diligenciar a conservação e a guarda das partes comuns e zelar pela prestação dos serviços que interessem aos possuidores.

Isto quer dizer que, faz parte das obrigações do síndico garantir o bom funcionamento do condomínio, mantendo os serviços condominiais em dia, e os principais serviços básicos essenciais são as limpezas, a manutenção de equipamentos estruturas e sistemas.

Se caso aconteça algum problema e for verificado alguma negligência ou imprudência, o síndico será responsabilizado civil e criminalmente por tal erro. É por isso que esses serviços deverão ser executados mesmo durante a pandemia.

 

Higienização do reservatório de água

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) orienta que a higienização e a manutenção dos reservatórios de água devem ser feitas no mínimo duas vezes por ano, e esse período também é recomendado na limpeza das tubulações de água e esgoto.

Vale lembrar que além da higienização e limpeza, é preciso também cuidar da impermeabilização do reservatório.

 

 

Esses serviços manterão a água limpa e potável durante todo o ano, diminuindo as chances de precisar de uma manutenção corretiva.

Após todo o processo de cuidados com o reservatório de água, com os profissionais devidamente capacitados e usando os equipamentos adequados, faça uma análise bacteriológica para verificar se a água está realmente potável, após o teste, disponibilize o resultado para os condôminos.

 

Cuidados com extintores

A manutenção dos extintores de incêndio é muito importante. Os extintores de H2O devem ser recarregados a cada 12 meses, já os de CO2, precisa ser recarregado a cada 6 meses.

Além dos cuidados com os extintores, não se pode esquecer das mangueiras, já que as mesmas devem ser submetidas ao teste hidrostático a cada cinco anos.

 

Dedetização

A dedetização serve para controlar algumas pragas que podem ser encontradas no condomínio, tais como: baratas, cupins, mosquitos, ratos, morcegos, entre outros.

Esse serviço deve ser realizado a cada 6 meses, mas vale consultar os especialistas caso o condomínio tenha problemas com pragas específicas e precise que a dedetização seja feita mais vezes durante o ano.

 

Manutenção dos elevadores

Atualmente é muito difícil acidentes acontecerem com elevadores, mas a partir do momento em que o aparelho apresentar algumas falhas, como solavancos, travamento nas portas ou parada desnivelada, é sinal de que alguma coisa está errada, e acidentes estão sujeitos a acontecer.

A manutenção nos elevadores tem caráter preventivo, para que evite um acidente, e também mantenha um bom desempenho, deixando o equipamento seguro. Sendo assim, as revisões devem ser feitas a cada 6 meses.

 

 

Limpeza

Para ajudar no combate ao coronavírus é importante aumentar o cuidado com a limpeza das áreas comuns, que deve ser feita no mínimo duas vezes por dia.

Se o condomínio tiver condições, busque fazer a sanitização, para que seja reduzida as bactérias e microorganismos.

Atenção: todos esses serviços são essenciais, porém devem ser feitos com equipes reduzidas, e com roupas e equipamentos adequados, seguindo também as orientações de combate a Covid-19. Informe os condôminos a respeito da data e horário que esses serviços serão feitos.

Redação Síndico Legal – Toheá Ranzeti

 

LEIA TAMBÉM

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here