Queda de revestimento assusta moradores de prédio em Belo Horizonte

0
73
Revestimento caiu de apartamento no sétimo andar (janela à direita da foto) no Carlos Prates

Moradores de um prédio no Bairro Carlos Prates, Região Noroeste de Belo Horizonte, se recuperam de um susto ocorrido nesse sábado (5/6). Durante a noite, por volta das 23h, um forte barulho chamou a atenção no condomínio e eles descobriram que parte do revestimento da fachada havia caído do 7º andar. Ninguém ficou ferido e apenas a entrada foi interditada.

O revestimento do edifício ficava debaixo de uma das janelas do apartamento da enfermeira Nieli de Matos Freire, que é síndica. “Ouvi uns estalos e, de repente, aquele barulho horroroso. Corri para ver se foi um acidente (de trânsito). Quando eu olho para baixo, aquele tanto de pedras. Nem vi que era no apartamento”, contou.

 

 

Alguns vizinhos estavam dormindo e desceram correndo pelas escadas, evitando o elevador. As pessoas temiam que um botijão tivesse explodido. Só quando chegou ao térreo Nieli viu de onde a placa, revestida de pastilhas, havia caído.

Ela acionou o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil para vistoria. “Eles viram que foi uma infiltração na fachada mesmo, não foi interno. Como foi na fachada, há o risco de todos terem essa infiltração.

 

 

A orientação foi para não usar a frente do prédio para nada, nem garagem e nem entrada de pedestres. Eles autuaram o condomínio para contratar uma empresa para isolar e colocar telas até fazer a reforma”, detalhou.

Por meio de nota, a Defesa Civil de Belo Horizonte confirmou que a área do hall foi isolada preventivamente, de modo que os moradores precisam entrar pela garagem lateral, e confirmaram que o prédio não foi isolado.

“Podia Ter Matado Alguém”

A síndica explicou que a seguradora contratada pelo prédio será acionada. Ela contou que o edifício tem 40 anos e a reforma mais recente ocorreu há seis ou sete, quando foi feita a pintura da fachada.

 

 

“Agora, depois que teve a fiscalização o pessoal se acalmou. Na hora todo mundo desceu pela escada com medo de ser uma coisa mais séria”, comentou. Nieli se mostrou aliviada, porque o incidente poderia ter sido grave. “Podia ter matado alguém. Aquele retábulo caiu de uma vez, não foi picado. Empenou dois portões”, relatou.

Nesta manhã, os moradores se reuniram para limpar o entulho. O ponto onde o revestimento caiu permanece isolado.

Fonte: Estado de Minas Gerais

 

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here