Projeto arrecada lixo eletrônico para converter valor da reciclagem em doação de alimentos, em Goiânia

0
65
Projeto arrecada material eletrônico para ser convertido em alimentos, em Goiânia — Foto: Desctec/Divulgação
Projeto arrecada material eletrônico para ser convertido em alimentos, em Goiânia — Foto: Desctec/Divulgação

O projeto social “Lixo Eletrônico contra a Fome” arrecada equipamentos que não são usados mais para converter o valor pago pela reciclagem deles em alimentos, os quais serão doados a famílias carentes e instituições sociais de Goiânia. Ao todo, são oito pontos de coleta distribuídos em igrejas e condomínios.

Podem ser doados câmeras fotográficas, celulares, computadores, estabilizadores, impressoras e acessórios, monitores, nobreaks, notebooks, tablets, telefones e até televisores.

A campanha será realizada por tempo indeterminado. Um dos organizadores da proposta, Dário Ferrari conta que os materiais descartados são totalmente descaracterizados e repassados para empresas que trabalham com reciclagem.

“Deve ser aproveitado em torno de 95% do material, sendo que placas, metais e plásticos serão enviados para a reciclagem. Sendo assim, as pessoas descartam isso de forma adequada, cuidam do meio ambiente, ajudam os mais necessitados e ainda podem gerar empregos”, ressalta Ferrari.

Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), são gerados anualmente quase 80 milhões de toneladas de lixo no Brasil. Desse total, há um potencial de reciclagem de 25 milhões de toneladas, mas somente 3 milhões são efetivamente recicladas.

O projeto foi desenvolvido pela empresa Destec Natureza e Tecnologia com o apoio da Igreja Sagrada Família. Se outras instituições e condomínios quiserem aderir à campanha, a empresa fornece o container de arrecadação sem custo.

Fonte: G1

 

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here