Prefeitura suspende uso de drones alugados para desinfecção de condomínios em Cuiabá

0
137
drones alugados para desinfecção de condomínios em Cuiabá
Drones começaram a ser usados para pulverização de condomínios — Foto: Carlos Renato/TVCA

A Prefeitura de Cuiabá suspendeu o uso de drones alugados para a desinfecção de condomínios durante a pandemia de coronavírus. De acordo com a prefeitura, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), decidiu pela suspensão até que contrato com a empresa que forneceu os equipamentos seja analisado pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT).

Desde a segunda-feira (4), a prefeitura passou a utilizar nas ações de desinfecção três drones, com capacidade de 10 litros cada.

Além dos veículos de voo não tripulado, o contrato prevê ainda o fornecimento dos pilotos para manuseio especializado dos equipamentos, pelo valor mensal de R$ 280 mil, com prazo de validade de 90 dias. Os drones voltam a operar após o parecer dos órgãos de controle e fiscalização.

Recentemente, os vereadores fizeram uma denúncia ao Ministério Público Estadual, de supostas irregularidades no contrato.

O prefeito afirmou que também enviou cópias do contrato ao Ministério Público Estadual e à Ordem dos Advogados do Brasil — Seccional Mato Grosso (OAB-MT).

O trabalho de higienização já estava sendo feito com borrifadores e caminhões-pipa, na limpeza de pontos de ônibus, parques, praças e unidades de saúde.

Prefeitura suspende uso de drones alugados para desinfecção
Praças também passaram por desinfecção em Cuiabá — Foto: Luiz Alves – Prefeitura de Cuiabá

Até essa terça-feira (5), 148 pessoas tinham sido diagnosticadas com Covid-19 em Cuiabá. Três pessoas morreram.

Fonte: G1

Leia mais notícias aqui!

LEIA TAMBÉM

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here