Prefeitura de Blumenau quer mais 24 condomínios do Minha Casa Minha Vida na cidade

0
351
Residencial Progresso, da segunda etapa, tem 64 apartamentos. Foto: Eraldo Schneider, divulgação

Foi protocolada na quinta-feira da semana passada na Caixa Econômica Federal a proposta da prefeitura de Blumenau para inclusão do município na terceira etapa do programa habitacional Minha Cada Minha Vida (MCMV3). Inicialmente o município havia trabalhado para contemplar 2,3 mil famílias, mas uma portaria do governo federal limitou em 1 mil o número de novas unidades habitacionais em municípios que tenham de 100 mil a 500 mil habitantes.

Sendo assim, a Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação adequou o projeto. A ideia é erguer 24 condomínios em 13 bairros da cidade. Doze deles na Água Verde (4) Itoupava Central (4) e Fortaleza (4). São 270 mil metros quadrados de área construída para exatas 1 mil unidades habitacionais. No projeto, Escola Agrícola e Passo Manso têm dois condomínios cada e os demais seriam erguidos na Fortaleza Alta, Itoupava Norte, Progresso, Salto, Salto Weissbach, Testo Salto, Velha e Velha Grande.

Condomínios menores

O diferencial desta terceira fase, segundo o secretário municipal de Regularização Fundiária e Habitação, Juliano Gonçalves, é a quantidade de unidades por condomínio. Da primeira etapa, por exemplo, o Morada das Nascentes, no Progresso, reúne 540 apartamentos. Agora o maior deles, no Passo Manso, foi projetado para comportar 96 unidades, mas a maior parte oscila entre 16 e 64 apartamentos.

O objetivo, segundo Gonçalves, é minimizar os impactos negativos da instalação de grandes condomínios da cidade, como os que ocorrem no próprio Moradas das Nascentes. Além de sobrecarregar um área específica da cidade com as demandas por serviços públicos, a própria segurança acaba comprometida.

Segunda etapa será finalizada em julho

Enquanto a Caixa analisa a proposta, a secretaria de Regularização Fundiária e Habitação trabalha para concluir a entrega dos condomínios previstos na segunda etapa do programa habitacional. Na semana retrasada foi feita uma reunião com as famílias que vão ocupar o Residencial Itoupavazinha, último dos seis condomínios que foram erguidos em quatro bairros de Blumenau. A previsão é entregar os apartamentos em julho. São mais 144 novas unidades habitacionais de 372 que foram contempladas na segunda etapa no MCMV.

Com as duas etapas do programa habitacional a cidade já entregou 2,3 mil unidades, mas o déficit habitacional nessa faixa de renda é de aproximadamente 10 mil unidades.

Fonte: https://www.nsctotal.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here