Patrimônio valorizado

0
700

A dificuldade da valorização dos condomínios antigos 

 

Quem escolhe viver em um condomínio, tem seus motivos, mas existe uma preocupação quanto ao patrimônio. Geralmente a compra de imóveis significa investimento, e grande parte das pessoas que possuem uma condição financeira razoável, estando entre as classes A e B no Brasil, veem nos condomínios uma ótima opção de aplicação. 

Adquirir um apartamento dá além de mais economia ao investidor, proporciona também uma segurança, já que esse investimento é de baixo risco, e não tende a sofrer muito com as incertezas da economia no país. 

Outro fato interessante e bastante falado sobre a compra de imóveis como forma de investimento, é que um imóvel é mais difícil de roubar. E dependendo do local em que se encontra, e de fatores como estruturas, reformas, que valorizam o imóvel. Devido isso, a responsabilidade de uma boa administração do condomínio é ainda mais importante, ou seja, dobra os deveres e obrigações do síndico para manter esse patrimônio bem valorizado. 

Só que como todo bem, o imóvel precisa de cuidados constantemente. Uma grande complicação é que com o passar do tempo, o condomínio vai perdendo um pouco de valor, por conta dos novos lançamentos. Outra causa é o desgaste na estrutura, e como está a tendência do mercado imobiliário, se a economia do país está favorecendo investimentos como esses. 

 

 

Quando citamos que a localização afeta essa valorização, é porque com o tempo, um bairro que era bem visto, com boa localização, pode passar a ser mais distante, o que influencia na questão da apreciação do imóvel. Mudanças na vizinhança também pode atingir a valorização, por exemplo, se abrir um bar, uma boate no bairro, e perto do condomínio, pode ser que ele perca valor, então é bom ficar atento quanto aos comércios que rodeio o condomínio. 

Existe o problema de desvalorização ‘tecnológica’, já que prédios construídos há muito tempo possuíam instalações necessárias para aquela época, e que hoje já foram bastante modificadas. Um grande exemplo é a falta de elevador em alguns prédios, que antes não se via tão necessário; ou até mesmo a falta de estrutura para receber cabos de TV e internet; falta de vagas de garagem, já que na época poucas pessoas costumavam ter carros; e um exemplo muito importante, a falta de área de lazer, já que enquanto hoje os condomínios estão visando cada vez mais oferecer tecnologia e modernidade nas suas áreas comuns. Dessa forma, os prédios antigos não conseguem fazer mais tantas reformas, pois além do gasto ser grande, a estrutura não aguentaria, e assim também não conseguindo competir com os condomínios com melhores tecnologias, o preço tende a cair. 

 

Síndico pode fazer 

 

Quando todos os fatores aparentam estar contra o condomínio, existem coisas que o síndico e a administração do condomínio podem fazer para melhorar essa questão. Começando por evitar a deterioração física, e tentar ao máximo escapar da desvalorização, e para isso o síndico poderá ficar bem atento nas reformas, com profissionais de qualidade e que façam bem o serviço.  

Nesse caso, a manutenção e a preservação do condomínio passa a ser de sobrevivência e investimento, e não como uma despesa, pois se pensar no futuro, na valorização do patrimônio, essa mentalidade irá ajudar e muito. E os síndicos precisam tratar disso como ‘prioridade’. 

Sem contar que existem os serviços mal feitos, e é por isso que fica a cargo do síndico prestar atenção, fiscalizar e exigir que o trabalho seja extremamente bem feito.  

Um detalhe muito importante, o síndico não deve temer em tratar disso com os condôminos, se for bem explicado e planejado, e os moradores entenderem que o condomínio só tende a ganhar e eles também, não terá grandes problemas em ganhar a aprovação de todos. 

Toheá Ranzeti – Redação Síndico Legal
Leia mais sobre Gestão aqui!
Artigo anteriorInstalações elétricas e hidráulicas
Próximo artigoARTIGO: A importância da contratação de assessoria jurídica especializada para o condomínio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

20 − 2 =