Os condomínios estão investindo mais em portaria remota

0
140
portaria remota em condomínios
portaria remota em condomínios

A pandemia da COVID-19 mudou bastante a rotina de todos, e isso inclui totalmente a rotina dos condomínios. Atualmente, os síndicos e administradoras, tiveram que adotar medidas restritivas e também regras de higiene, e não escaparam de ter que lidar também com os problemas financeiros, já que manter os gastos, ou até mesmo diminuir durante esse período tem sido um desafio.

Antes mesmo da pandemia ter começado, muitos condomínios já estavam optando pela instalação da portaria remota, como medida de segurança e também de economia. Mas de acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (André) existe uma expectativa de crescimento para que mesmo com a pandemia, a procura e a quantidade de instalação supere 30% só neste ano.

 

 

Os condomínios que já fizeram a troca do sistema relatam ter gastado 1/3 do valor comparado ao serviço de portaria anterior. Mas vale lembrar que é preciso analisar o local e comparar os benefícios e os malefícios pra ver se a troca realmente compensa para determinado tipo de condomínio.

Existe uma certa preocupação quanto aos funcionários que perderão seus empregos. Mas algumas empresas de portaria remota aceitam contratar os porteiros antigos, oferecem treinamento e capacitação, para que o mesmo seja contratado para operar remotamente a mesma vaga.

Existem muitos tipos de serviços que podem melhorar a segurança, como câmeras de segurança, alarmes. E cada vez mais surgem novas opções no mercado, como por exemplo, os acessos ao condomínio por biometria, onde o sistema reconhece e armazena as informações da pessoa, ou seja, a central recebe esses dados, que mantem um arquivo das entradas e saídas de cada pessoa que entrar no condomínio.

 

 

O sistema de portaria remota também dá certo poder para o condômino, pois através do aplicativo no celular, é possível fazer alguns serviços, como: cadastrar visitantes, acessar as câmeras de vigilância, ativar o botão de emergência/ pânico, no caso de autorizar a entrada de algum visitante, o condômino pode enviar uma espécie de convite, que gera um código QR, e o visitante assim tem a permissão para entrar.

Existe também o leitor facial, que é outra realidade que tem conquistado a medida de segurança dos condomínios. Ele pode ser combinado com alarmes e câmeras de monitoramento, o que garante ainda mais  segurança ao condomínio, principalmente na permissão e liberação do acesso.

Os pontos mais importantes relacionados a melhoria e cuidado com a segurança dos condomínios são: portões automáticos, câmeras internas e externas e controle de acesso. São itens que garantem não só a segurança do condomínio, mas como o conforto dos condôminos e funcionários  ao saberem que estão sendo bem cuidados.

 

 

Os bons gestores de um condomínio precisam ter a consciência de que a segurança é um dos principais fatores a serem analisados por um morador, já que esse é um dos principais motivos que fazem com que as pessoas optem por morar ou trabalhar em condomínios. Por isso, você síndico, cuide bem da segurança do seu condomínio, escolha boas empresas e bons serviços que atendam as reais necessidades do seu empreendimento!

Redação Síndico Legal: Tohea Ranzeti
Leia mais Conteúdos Exclusivos aqui!

 

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here