Obstrução impede drenagem e causa constantes alagamentos em edifício

0
48
Por Thiago Hockmüller

Seguem os transtornos para moradores de um condomínio localizado no Centro de Criciúma e que vêm sofrendo com constantes cheias em dias de chuva.

 

O problema é ocasionado pelo entupimento de um cano responsável pela drenagem da rua e que até o momento não foi consertado pela Prefeitura.

E para piorar, as obras até iniciaram, mas estão paradas e agora com dois valos abertos na calçada, o que impossibilita o tráfego de pedestres e o estacionamento de veículos.

Além do mais, moradores também reclamam do forte cheiro de esgoto que sai dos buracos e da falta de agilidade da prefeitura. “Antes lidávamos com água dentro das garagens, agora precisamos lidar com os buracos na rua. Nenhum dos problemas veio do condomínio”, disse uma moradora que preferiu não se identificar.

 

 

Entenda o caso 

Esgoto em frente de condomínio

O condomínio está localizado na esquina das ruas Palamede Milioli e Victor Meireles. Os condôminos reclamam dos constantes alagamentos em dias de chuva.

Sem a manutenção necessária, a água escorre para a garagem do prédio gerando transtornos e provocando o transbordamento do esgoto.

A obra estava prevista para acontecer no último dia 15. Um dia depois, em entrevista , o encarregado pelos serviços de drenagem da Secretaria de Obras, Dilson Ramos, explicou que a obra não havia acontecido por falta do caminhão hidro, que estava em manutenção. No entanto, no último final de semana, uma equipe da prefeitura esteve no local, abriu os valos e não realizou a manutenção deixando o esgoto a céu aberto.

A previsão era que o problema fosse solucionado na terça, mas a obra ainda não aconteceu.

 

Fonte: Engeplus

 

Leia mais notícias aqui!

LEIA TAMBÉM

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here