Obras no apartamento: Como realizar sem quebrar as regras do condomínio?

0
318
Obras no apartamento: Como realizar sem quebrar as regras do condomínio?

Muito se tem falado sobre as obras nas unidades durante a pandemia do novo coronavírus. Tendo em vista que grande parte da população está trabalhando por meio ‘home-office’, e por isso aproveitaram para reformar a sua residência. Porém, existem regras a serem seguidas, para não atrapalhar o sossego e nem colocar em risco a saúde dos demais moradores.

Existe o profissional que está trabalhando em casa, e precisa fazer um ajuste na sua unidade para criar um ‘home-office’ mais adequado, ou até mesmo para aquela pessoa que de tanto ficar em casa já enjoou da decoração e quer dar uma repaginada no layout de casa.

Ambos precisam estar cientes das normas, como por exemplo, verificar com o síndico quais são as regras vigentes no condomínio referente as obras durante o período de pandemia. Dessa forma, você não correrá nenhum risco de se indispor com os vizinhos, e nem vai fazer com que esse isolamento seja um verdadeiro caos no condomínio.

 

 

Por maior que seja o direito do condômino em utilizar a sua propriedade, não é maior que o direito de coletividade, onde fatores como segurança, saúde e sossego possuem destaque. Sem contar as normas do próprio condomínio, referente a estrutura, fachada e até mesmo decoração.

 

 

É importante destacar que mesmo que a obra não altere nada no condomínio, ela precisa respeitar o restante dos moradores, e com isso deve precisar seguir alguns dias e horários para serem realizadas.

 

 

Se o condomínio não possui nenhuma restrição em relação as obras no condomínio durante a pandemia, o condômino poderá realizar a mesma, desde que comunique o síndico, para que ele tome as providências em relação a liberação dos funcionários da obra para entrarem e para transitar pelas áreas comuns do condomínio.

Também é importante que o síndico seja avisado, para que ele esteja ciente das modificações a serem feitas, e assim poder cuidar para que nenhuma alteração na edificação seja feita, e assim, manter preservada a segurança da estrutura do condomínio.

 

 

Como citado acima, durante a pandemia é preciso ter cautela, pois, as pessoas estão ficando mais em casa, e o barulho de uma obra, pode deixar os ânimos mais aflorados, e causar estresse nos demais moradores que estão tentando exercer um teletrabalho, ou uma atividade ‘home-office’, ou até mesmo tirando uma folga.

E a obra nesse período se torna mais complicada, pois aumentará o número de pessoas circulando no condomínio, aumentando a quantidade de pessoas para o síndico vigiar e também possivelmente aumentará a higienização de alguns locais.

As pessoas estão ficando estressadas com a situação do novo coronavírus e o fato de terem que ficar em isolamento, ou ter que se preocupar excessivamente com cuidados de higiene que antes não era seguido tão à risca.

E é por isso que tem se ouvido falar no aumento de conflitos dentro dos condomínios, principalmente quando um condômino resolve fazer uma obra, tem o consentimento do síndico, porém os vizinhos se sentem incomodados, e por isso vira aquele transtorno.

 

 

Existem muitas notícias de violências que levantam essa questão das obras nos condomínios, em que vizinhos estão tentando resolver a grosso modo, e o síndico acaba que numa situação difícil, onde muitas vezes não tem nem tempo de intermediar um acordo. Quando se vê, a situação já se tornou mais séria do que se imagina.

Como o caso que aconteceu em SP, onde um condômino se irritou com o barulho do outro morador, arrombou o apartamento num momento oportuno, e jogou gás tóxico na obra que estava acontecendo.

Os funcionários da obra saíram passando mal. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar precisou ser chamada para atender a ocorrência. O morador foi preso, mas foi liberado após assinar um termo circunstanciado.

 

 

É por isso que a recomendação é sempre de comunicar o síndico, para que os moradores mais próximos da obra sejam avisados. É muito importante contratar bons profissionais, para que os imprevistos sejam menores, e também é bom instruí-los para tentarem evitar o máximo de barulho, para que o respeito com os demais moradores seja prevalecido.

O portal Síndico Legal volta a frisar a importância de se ter o bom senso e paciência, pois não está sendo fácil enfrentar essa pandemia, e é preciso ter respeito e cuidado com o próximo, acima de tudo!

 

 Redação Síndico Legal, Tohea Ranzeti

LEIA TAMBÉM

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here