O segredo para que o Síndico seja bem avaliado pelos Condôminos.

1
101
O segredo para que o Síndico seja bem avaliado pelos Condôminos.

Existem muitas maneiras de valorizar o comportamento do síndico e suas atitudes, de acordo com sua gestão. Mas a melhor forma de começar a fazer isso é observar.

Para fazer uma boa gestão, os síndicos podem se espelhar nos síndicos de sucesso, os que tem referências com boas administrações condominiais, ou aqueles que já são síndicos há muito tempo, pois significa que fizeram um bom trabalho e por isso os condôminos preferem que eles continuem.

 

 

Infelizmente alguns Síndicos estão em posse da administração do condomínio por simples omissão dos demais condôminos, ou até mesmo pelo fato de que ninguém mais se candidata ao cargo, nesses casos, mais cedo ou mais tarde esse condomínio precisará de uma intervenção dos moradores, até porque, a má gestão tem como uma das consequências a depreciação do imóvel.

 

 

Mas o fato é que a boa administração é sempre reconhecida, faz a diferença no patrimônio do condômino e na qualidade de vida dele dentro do seu condomínio, por isso, cada vez mais exige-se que esses profissionais sejam preparados para a sindicância.

 

  • A questão é, como esses síndicos de sucesso agem?
  • Como eles conquistaram a confiança dos moradores?
  • Como lidam com as pressões diárias?

 

Isso tudo deve ser analisado para que eles sejam seguidos como exemplo.

Os condomínios são empreendimentos com públicos diferentes, ambientes e pessoas distintas, devido isso, é recomendado que os síndicos no começo de sua gestão, ouça, aprenda a se adaptar e entenda como funciona o condomínio, para depois começar a implantar as ações administrativas.

Para uma boa gestão, o bom síndico deve fazer como um cliente de banco, depositar o dinheiro, aplicar e esperar render.

 

 

Deposite credibilidade, honre com os pagamentos rigorosamente em dia, pratique o cumprimento a risca da Convenção e do Regimento Interno, sem abrir exceções, aplique técnicas inteligentes de administração, e de relação com condôminos e funcionários.

Agindo assim, o síndico poderá ser avaliado, e na maioria das vezes de forma positiva.

Vale ressaltar que praticar o bom senso é extremamente importante quando começa a gestão de um síndico. Um exemplo clássico para essa questão é a aplicação de multas.

 

 

É recomendado que o síndico avalie criteriosamente a aplicação de uma multa a um condômino.

Muitas vezes são aplicadas penalidades que não tem fundamentação jurídica, e algumas delas é até mesmo por implicância do síndico com o condômino, ou conflitos entre os próprios moradores.

Se o síndico for ativo, ter sempre que possível um comportamento positivo, acaba resultando em uma avaliação favorável.

Um dos fatores que conta muito nessa avaliação é a forma como o síndico se comporta em público, como ele conduz o condomínio, no âmbito administrativo, financeiro e também no relacionamento com os condôminos e funcionários.

 

 

O síndico deve ter uma postura firme, principalmente nas reuniões com os conselheiros fiscais, ou em Assembleia, isso demonstra profissionalismo, contudo esta ética acarretará em segurança aos condôminos, o qual será visto com bons olhos.

Sem contar, que impreterivelmente, o síndico deve sempre agir se baseando na legislação, criando propostas de acordo com o que está determinado na Convenção, e sempre que necessário, usar o termo ‘propor’ e não ‘impor’ nada, apesar de não parecer, faz toda a diferença.

E para finalizar com chave de ouro, um outro fator importantíssimo que irá contar para uma boa avaliação do síndico é o uso da inteligência emocional diante das relações condominiais.

 

 

Quando o síndico possui o controle e sabe lidar com pessoas e situações de conflitos, faz com que os condôminos acreditem que possam confiar no síndico, e assim avaliar que diante de qualquer problema ele terá discernimento para resolver, de forma justa e coerente, demonstrando clareza e honestidade, que também são requisitos fundamentais para um síndico de responsa.

Resumindo, para que o síndico seja bem avaliado, é preciso que ele entenda as necessidades do condomínio, cumpra as normas de forma profissional, tenha o controle de suas emoções e principalmente, seja honesto, esse é o segredo!

 

Toheá Ranzeti – Redação Síndico Legal

 

Leia mais conteúdos exclusivos aqui!

LEIA TAMBÉM

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

 

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here