O carnaval nos condomínios

0
222
O carnaval nos condomínios

Embora o Carnaval seja uma data festiva, uma das manifestações culturais mais expressivas do nosso País, o número de pessoas que aproveitam essa época para descansar e desfrutar de paz e tranquilidade é grande, nem todo mundo é folião no Carnaval.

Nos condomínios os conflitos gerados entre foliões e aqueles que só querem descansar podem ser grandes.

É preciso que o síndico prepare os moradores para esse período prolongado de feriado no carnaval, campanhas de instrução anteriores ao feriado é algo importante. Cartazes com recomendações e avisos distribuídos pelas áreas comuns é uma boa dica.

Para que a convivência possa ser tranquila, é importante estabelecer algumas normas para o carnaval no condomínio.

Para isso, tanto os visitantes quanto os condôminos deverão utilizar as áreas comuns com responsabilidade, e principalmente, não atrapalhar a tranquilidade dos vizinhos que optaram por descansar nesse feriadão.

 

 

Nessa época, é normal que em alguns condomínios existam visitantes ‘temporários’, ou seja, pessoas que estão se hospedando no condomínio, seja em casa de parentes, ou até mesmo alugando uma unidade por meio de aplicativos de aluguéis para temporada.

Devido isso, é importante que seja discutido com antecedência sobre como deve funcionar, de uma forma que todos os envolvidos sejam informados a respeito das regras do condomínio.

Com toda a movimentação que esta data causa dentro dos condomínios, o portal Síndico Legal resolveu listar algumas dicas de boas maneiras que devem ser seguidas na época do carnaval. São elas:

Cuidado com o barulho

O carnaval nos condomínios

Os limites impostos na Convenção e no Regimento Interno acerca do barulho são exigíveis independentemente da época do ano.

Os horários permitidos para se fazer barulho são inclusive oriundos de leis externas, como por exemplo a Lei do Silêncio.

Nos dias de carnaval é comum que os foliões se empolguem e acabem infringindo as regras, por isso durante essa época o ideal é que o síndico estabeleça os limites impostos na convenção e no regimento interno de forma mais intensa.

 

Limpeza do condomínio

O carnaval nos condomínios

Um dos problemas que podem surgir durante o carnaval é a sujeira. Em alguns condomínios acontecem os famosos ‘bloquinhos’, ou até mesmo fora do espaço do condomínio, as pessoas podem pular carnaval pelos blocos da cidade e voltar para casa bebendo, cobertos de glitter e com fantasias, fazendo aquela sujeira de confetes e serpentinas, copos descartáveis e todo tipo de lixo.

 

 

É preciso ter uma boa quantidade de lixeiras espalhas nas áreas comuns, cartazes alertando para que o lixo seja colocado no lixo.

Mesmo assim nesse período ainda será necessário que o síndico estabeleça com os funcionários uma atenção redobrada para manter esses espaços limpos.

Segurança

O carnaval nos condomínios

A segurança, sem dúvida alguma é o assunto que mais precisa de atenção.

Devido ao intenso movimento de entra e sai de pessoas dentro do condomínio, e também do lado de fora, o sistema de segurança se torna muito fragilizado.

É recomendado atenção redobrada nas aglomerações de pessoas dentro e fora, do condomínio, bem como no entra e sai de pessoas. Com certeza a segurança deverá ser reforçada.

 

 

Garagem

O carnaval nos condomínios

O deslocamento de pessoas entrando e saindo do condomínio durante o carnaval é grande. Por isso, é preciso definir algumas regras, tais como: luzes baixa, faróis e buzinas, além de preservar o controle de vagas, ou seja, não permitir que um visitante ou morador utilize a vaga do vizinho sem o consentimento e permissão do mesmo.

É recomendado instalar placas com as normas que devem ser respeitadas, seja por visitantes ou condôminos, para ajudar a manter a boa convivência, principalmente nesses dias festivos.

 

Respeito nas áreas comuns

O carnaval nos condomínios

Se você for síndico, deve encontrar meios para fazer com que as pessoas utilizem as áreas comuns de forma respeitosa. O que também ajudará a evitar tantas manutenções no espaço.

A questão de bronzeadores, protetor solar, cremes de cabelo, os quais não são permitidos dentro da piscina, por exemplo. Isso precisa ser mantido e seguido a risca.

Outro ponto é o elevador, ele não pode estar sujo, seja por glitter ou areia, e principalmente molhado.

 

 

E o mais importante, o salão de festas, ele é essencial, e é imprescindível que ele seja utilizado, no horário permitido, e entregue limpo, sem nenhum estrago.

Para ajudar na limpeza, alguns condomínios já incluem na taxa do aluguel do salão de festa uma taxa pequena de limpeza, onde algum funcionário fica responsável por limpar o ambiente e entregar para o próximo evento.

Em cidades onde a comemoração do carnaval é mais intensa o recomendável é que exista um acordo entre os síndicos e moradores nesses períodos festivos. O bom senso é sempre o melhor caminho.

 

Gostou das dicas? Fique de olho nos conteúdos exclusivos que o portal Síndico Legal oferece sobre o meio condominial.

 

 

Toheá Ranzeti – Redação Síndico Legal

Leia mais conteúdo exclusivo aqui!

LEIA TAMBÉM

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here