Lidando com os acidentes nas garagens dos condomínios

0
72
Lidando com os acidentes nas garagens dos condomínios

Que os conflitos nos condomínios são muito frequentes todos já sabem. O que precisam saber é como lidar com algumas situações conflituosas dentro dos empreendimentos, e uma delas aparecem quando algum acidente na garagem acontece.

O portal Síndico Legal separou algumas dúvidas interessantes que pode te sanar as principais dúvidas a respeito dos acidentes na garagem do condomínio. Acompanhe!

Quem deve ser responsabilizado pelos acidentes na garagem do condomínio? 

Essa questão deve ser respondida descobrindo quem foi que causou o dano e se há dever de guarda. Nessa ocasião, as câmeras de monitoramento do ambiente podem ajudar a identificar o que foi que aconteceu realmente.

O condomínio pode ser responsabilizado pelos danos materiais ao veículo? 

O condomínio pode ser responsabilizado pelos danos materiais ao veículo

Se o acidente acontecer por culpa do condomínio, o mesmo pode sim ser responsabilizado. Como por exemplo, a administração do condomínio contratou profissionais para reformarem o empreendimento, e por algum descuido, respingos de tinta ou pedras danificaram alguns carros nas garagens, sendo assim, o condomínio é culpado pelo dano.

O que pode acontecer é que o síndico pode acionar o prestador de serviço para ressarcir o dano, e não deixar que o condomínio arque sozinho com o prejuízo.

Mas cuidado!

Alguns tribunais brasileiros entenderam que o condomínio também pode ser responsabilizados por acidentes na garagem se houver um funcionário fazendo a vigilância do local, sendo assim, o mesmo torna o condomínio responsável pelo o que acontece no ambiente.

Em caso de batida dentro do condomínio? 

Em caso de batida dentro do condomínio

Se dois veículos se envolverem em uma batida dentro do condomínio, eles devem identificar de quem foi a culpa do acidente. Sendo assim, o condomínio não se envolve.

Se caso a situação aconteça sem a presença de alguma das partes, o dono do veículo atingido deve procurar o síndico e solicitar uma cópia das filmagens, isso caso o condomínio possua serviços de monitoramento por câmeras.

E quando acontece acidente com os portões automáticos. Quem deve ser responsabilizado? 

E quando acontece acidente com os portões automáticos. Quem deve ser responsabilizado

Neste caso, duas situações podem acontecer:

A primeira é quando o próprio condômino tem o controle remoto do portão, e sem querer o aciona antes de terminar de passar com o carro, sendo assim a responsabilidade é totalmente do condômino que se atrapalhou.

Ou até mesmo se o portão tem um temporizador, ao qual fecha sozinho depois de certo tempo, se o condômino não tem certeza do tempo em que o portão já está aberto, é melhor não arriscar, pois se um acidente acontecer, o motorista deve ressarcir o condomínio pelos danos causados ao portão, além de consertar seu próprio veículo. A não ser que o portão teve uma pane, ou o cabo rompeu, e o portão fechou sem o comando do condômino.

Continua após propaganda:

CURSO BÁSICO DE DIREITO CONDOMINIAL APLICADO

 A segunda situação é quando um porteiro possui o controle do portão ou o veículo tem a tag de acesso, ou o sensor de movimento, e o portão fechar sobre o veículo, a responsabilidade será do condomínio.

Evitando acidentes nas garagens

Para evitar acidentes nas garagens, a administração do condomínio deve sinalizar o espaço adequadamente, informar sempre os moradores das possíveis mudanças no local e manter câmeras de monitoramento, para auxiliar na segurança do condomínio e na gestão também.

 

Tohea Ranzetti – Síndicolegal

 

LEIA TAMBÉM

FAÇA PARTE DOS NOSSOS GRUPOS 

👉 GRUPOS WHATSAPP👈

👉GRUPO TELEGRAM👈

👉INSCREVA-SE NO YOUTUBE

Artigo anteriorCitação entregue na portaria de condomínio é válida, diz TJ-SP
Próximo artigoPorteiro libera banheiro de guarita para taxista urinar e é agredido após reclamar de mau cheiro: ‘fedor de cocô’

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

quinze − doze =