Idoso é preso após ser flagrado estuprando menino em condomínio fechado

0
89
Crédito: Já é Notícia

Um zelador, de 61 anos, foi preso acusado de estuprar um menino de 8 anos, na cidade de Arapiraca, na região Agreste de Alagoas.

O nome do criminoso não foi divulgado devido a lei do Abuso de Autoridade. De acordo com informações divulgadas pela Polícia Militar, o crime ocorreu no bairro Bom Sucesso, dentro de um condomínio residencial.

Segundo testemunhas, a criança estava acompanhada do marido de sua tia, que estava consertando o telhado de uma residência. Por um momento, o adulto percebeu o sumiço do menino.

Ao procurá-lo, soube através de outras crianças que a vítima estava na casa do idoso, que trabalha como zelador e piscineiro. Quando foi até à casa, o marido da tia do menor avistou sinais de abuso sexual pelo corpo do menino e viu preservativos espalhados pela residência do suspeito.

O Conselho Tutelar foi acionado e realizou os devidos procedimentos cabíveis. O idoso foi preso e conduzido à Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Palmeira dos Índios.

Nota do residencial

A Associação do Residencial Aroeiras (localizada na AL – 115, Bairro Massaranduba, Arapiraca – AL) representada por sua Diretoria Executiva, vem a público manifestar REPÚDIO e extremo PESAR em relação ao recente episódio de estupro sofrido por uma criança no dia 29/12/2021 dentro do residencial, na cidade de Arapiraca – AL.

O ato praticado foi realizado por um EX-FUNCIONÁRIO DE LIMPEZA (O mesmo já em acordo de rescisão) do residencial, em situação de também MORADOR deste residencial – QUADRA 16, e fora de qualquer ambiente ou horário de serviço ou função prestadas ao residencial.

O acontecimento infeliz de ESTUPRO foi narrado e informado para a Diretoria do Residencial pela TIA e DOIS AMIGOS da mesma que se encontravam transtornados pela situação, no mesmo instante a Diretoria do Residencial atendeu as vítimas e aconselhou ligarem para a Polícia Militar através do número 190, ao mesmo tempo em que a representante da VÍTIMA não tinha ligado ainda para a POLÍCIA MILITAR – AL e queria que a diretoria realizasse o procedimento, onde foi explicado para a mesma que o melhor seria ela ligar já que é representante da vítima e em posse de seus documentos, e que a Diretoria acompanharia o procedimento (o que ocorreu em todo momento), visto que o Residencial não possui força policial.

Neste momento em que foi informado o caso de abuso à Diretoria, se organizou a ida de 3 integrantes da Diretoria e 3 moradores (testemunhas) para seguir para a frente da residência de acontecido o ESTUPRO para EVITAR e IMPOSSIBILITAR a saída do indivíduo estuprador, até a chegada da Policia Militar. Ao mesmo que a Polícia realizou seus serviços, o Pai da vítima chegou ao local e também acompanhou o procedimento, todos de testemunhas do infeliz acontecimento e prisão do infrator. O ESTUPRADOR foi levado para a DELEGACIA e os parentes da vítima seguiram a viatura.

Através deste momento de dor e consternação a Diretoria do Residencial Aroeiras manifesta seu REPÚDIO ao ato acontecido!

 

Fonte: Alagoas 24 horas

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICOLEGAL CLICANDO AQUI! 

CLIQUE AQUI E FAÇA PARTE DE NOSSOS GRUPOS NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here