Grande BH: inadimplência em condomínios residenciais cai; comerciais seguem como desafio.

0
85
Grande BH: inadimplência em condomínios residenciais cai; comerciais seguem como desafio.

A taxa de inadimplência em condomínios residenciais caiu 2%, conforme dados da Câmara do Mercado Imobiliário de Minas Gerais.

Segundo o vice presidente da área das administradoras de condomínios, Leonardo Mota, a tendência de queda se deve a três fatores: aumento da multa por atraso da tarifa, maior permanência dos condóminos nas residências e queda do gasto com entretenimento e laser, devido à pandemia de covid-19.

 

 

“Os condôminos estão reclusos e isso traz certo constrangimento se eles ficarem inadimplentes com o condomínio. Estão interagindo mais e melhor. Esse constrangimento leva eles a pagarem pontualmente o condomínio”, alega.

 

 

De acordo com ele, os níveis de inadimplência estão “menores ainda do que os vistos no início do ano”, antes da pandemia.

 

 

Mota ressalta que, no caso dos condomínios comerciais a realidade é outra. “Esses sim estão sofrendo mais, principalmente os de lojas, onde a inadimplência é muito alta”, diz.

 

 

“As atividades estão suspensas, então não está havendo receita, e os condomínios não conseguem fazer redução dos custos porque as principais despesas de um  condomínio comercial refere-se à segurança do próprio imóvel”, completa.

Fonte:Itatiaia
Leia mais Notícias clicando aqui!

 

LEIA TAMBÉM

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here