Fiquei preso no elevador. E agora?

0
519
Fiquei preso no elevador. E agora?

Quem tem fobia de lugares fechados, ou até mesmo quem não tem claustrofobia, possui uma coisa em comum: a angústia de ficar preso em um elevador.

Não existe alguém que queira passar por uma situação dessa, mas sabe-se que isso pode acontecer com qualquer um, mas e se acontecer? O que deve ser feito?

Em primeiro lugar não se deve ficar apavorado. Muita gente acredita que os elevadores são totalmente fechados, mas existem espaços por onde o ar entra, portanto, se você ficar preso no elevador, deve controlar sua respiração e evite ficar falando.

Se essa situação acontecer, e você não estiver sozinho, procure se acalmar, e oriente as outras pessoas para fazer a mesma coisa.

As pessoas também não devem ficar apavoradas, pois quanto menos oxigênio for usado, mais ar de qualidade vocês irão ter para respirar.

 

 

Após todos se acalmarem, aperte o botão de alarme, que irá avisar a portaria, para que eles providenciem o socorro, que no caso deve ser o Corpo de Bombeiros, pois é quem está mais habilitado para prestar esse tipo de assistência, abrir o elevador e tirar todos lá de dentro.

Jamais tente abrir a porta do elevador, pois pode causar um acidente, e piorar ainda mais a situação.

Depois ter comunicado a administração do prédio, aproveite o tempo ‘livre’ em quanto espera por socorro, avisando familiares e amigos, ou até mesmo avise no serviço que talvez demore um pouco para chegar, pois está preso no elevador.

Apesar de parecer que não, essa atitude é importante por duas razões: ajuda a distrair e passar o tempo, e também dá uma justificativa para as pessoas que estiverem te esperando, não as deixando preocupadas.

 

 

Quando o síndico ou o zelador chegar, é muito importante informar como está a situação, quantas pessoas estão no elevador, como está cada uma delas, se existem crianças, idosos ou gestantes, pois são informações importantes que podem ajudar no salvamento.

Quando o Corpo de Bombeiros chegar, o síndico deverá passar as informações, com todos os detalhes, para que os profissionais tracem um plano para abrir o elevador com segurança, ajudando as pessoas a sair de lá com tranquilidade de segurança.

E para evitar que ninguém mais fique preso no elevador, é recomendado que o síndico tome algumas precauções, e realize alguns procedimentos de segurança,

tais como:

  • Trave os elevadores nos demais andares;
  • Coloque um aviso informando que o elevador está com problemas
  • Agradeça sempre a compreensão de todos

 

Os profissionais responsáveis pela manutenção do elevador precisam verificar o problema, e assim consertá-lo o mais rápido possível, para não atrapalhar o dia-a-dia do condomínio ainda mais.

O síndico deve fazer a manutenção preventiva dos elevadores sempre que possível, para evitar que uma situação dessa aconteça.

Claro que ainda assim, não está isento de sofrer com esse problema, pois acidentes acontecem, pode ter uma queda de energia, ou pode sofrer uma pane, porém, a manutenção preventiva ajuda muito a ter um equipamento funcionando regularmente, e com segurança.

 

Toheá Ranzeti – Redação Síndico Legal

 

Leia mais conteúdo exclusivo aqui!

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here