‘Eu estou em pânico’, diz arquiteta agredida pelo ex-namorado no apartamento dele em BH

0
50
Dayane Viola, de 35 anos, mostra as agressões sofridas pelo ex-namorado, em BH — Foto: Arquivo Pessoal
Dayane Viola, de 35 anos, mostra as agressões sofridas pelo ex-namorado, em BH — Foto: Arquivo Pessoal

“Eu estou em pânico, eu acordo todo dia sonhando que ele tá em cima de mim, me sufocando. Eu sinto dores na garganta 24 horas por dia. Eu acordo com medo, eu não consigo ficar sozinha mais e estou completamente desestabilizada.”

É assim que a arquiteta Dayane Viola, de 35 anos, vive desde o fim do mês passado, depois de ter sido esmurrada pelo ex-namorado, Vanderson Lopes, de 31, dentro do apartamento dele, no bairro Estoril, na Região Oeste de Belo Horizonte.

O acusado disse “que irá aguardar a denúncia do Ministério Público para se pronunciar sobre as questões”

Segundo a arquiteta, o namoro passava por muitas crises e ela já queria terminar o relacionamento. No dia da agressão, Vanderson teria misturado bebidas alcoólicas com remédio. Dayane afirma que chegou a jogar o restante da bebida fora, tentando impedir que ele bebesse mais.

 

“Joguei a bebida fora e fui pegar a taça que estava com ele. Aí ele se descontrolou (…) Ele me bateu tanto, tanto, que teve um momento que eu desmaiei e ele continuou me batendo e falando: ‘você não está morta ainda, você não está morta, vou continuar batendo porque você vai estar sentindo'”, contou a arquiteta.

“Aí, ele me acordava, eu meio desmaiada, meio desacordada, quando ele via que eu abria os olhos, me esmurrava no rosto ou onde ele achasse lugar.”

 

Medida protetiva

 

Fonte: G1

 

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here