Estruturas: Fissuras, Trincas, Rachaduras e Fendas

0
789
Fissuras, Tricas, Rachaduras e Fendas

As estruturas, mesmo com a sua aparente rigidez, caracterizam sempre  sistemas com  certo grau de movimentação. As forças induzidas pela gravidade são verticais compreendendo o peso próprio das estruturas.

Já as forças produzidas pelos elementos da natureza, tais  como  os  ventos,  a  terra  e  a água, são difusas (ocorrem em várias direções).

 

 

A atuação conjunta de todas as forças acima citadas introduz sempre, em maior  ou  menor extensão, deformações nos sistemas estruturais.

É comum, também, em qualquer edificação, o aparecimento de fissuras e trincas associadas a problemas nas fundações.

Imagem de fissura em parede.
Imagem de fissura em parede.

Fissura: é uma abertura em forma de  linha  que  aparece  na  superfície  de  qualquer  material sólido proveniente de ruptura sutil de parte de sua massa, com espessura de até 0,5mm.

 

 

Imagem de trinca em parede.
Imagem de trinca em parede.

Trinca: é uma abertura em forma de linha que aparece na superfície da  qualquer  material sólido, proveniente de evidente ruptura de parte de sua massa, com espessura de 0,5mm a 1,0mm.

 

 

 

Imagem de rachadura em parede
Imagem de rachadura em parede

Rachadura: é uma abertura expressiva que aparece na superfície de qualquer  material sólido,  proveniente  de  acentuada  ruptura  de  sua  massa,  e cuja espessura varia de 1,0mm até 1,5mm.

 

 

Imagem de fenda em parede.
Imagem de fenda em parede.

Fenda: é uma abertura expressiva que aparece na superfície de qualquer material sólido, proveniente de acentuada ruptura de sua massa, causando sua divisão em partes separadas, com espessura superior a 1,5mm.

 

PALMIRO SOARES DE LIMA FILHO:  Engenheiro Civil, Diretor e Membro Titular do IBAPE-MT (Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia), atua na área de avaliações e pericias judiciais e extrajudiciais e vistorias em condomínios a mais de 20 (vinte) anos,realizando trabalhos nas Comarcas da Capital e do interior de Mato Grosso.

 

Leia mais artigos aqui!

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL DO YOUTUBE CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here