Estouro de tubulação da Cedae causa destruição em condomínio na Zona Oeste do Rio

0
387
Foto: Reprodução/TV Globo

Carros ficaram destruídos, casas foram inundadas e crateras se abriram no meio do asfalto. Cedae diz que vai avaliar os prejuízos.

Moradores de Campo Grande, vizinhos da tubulação da Cedae que se rompeu no fim da tarde desta quarta-feira (31), se desesperaram com a destruição deixada pela força da água na região.

Com a pressão da água, que chegou a ultrapassar a altura de um prédio de três andares, as ruas do entorno da adutora do Guandu, próximo da Estrada do Medanha, na altura da Av. Brasil, ficaram inundadas. Casas e carros foram destruídos, e até uma banca de jornal foi levada pela água.

Um condomínio que fica na Rua Guandu Mirin, foi atingido e casas ficaram completamente destruída. Uma das moradoras contou que tentou conter a entrada da água, mas a pressão quebrou a porta e destruiu tudo.

“Foi de repente e a força da água derrubou o muro. Quando a água começou a entrar no condomínio eu voltei em casa para colocar um pano embaixo da porta para a água não permanecer, não entrar em casa. No momento em que eu coloquei o pano embaixo o muro derrubou e veio uma pressão muito grande arrancou a porta e veio como se fosse uma onda. Derrubou tudo. Derrubou sofá, geladeira”, contou a moradora.

Moradores que chegaram em casa após o acidente se desesperaram ao ver a destruição que as águas deixaram nas residências e no entorno. Uma das moradoras contou que a água invadiu com muita rapidez, e não deu tempo de salvar nada.

“Foi muito rápido. Em segundos a água foi entrando, não tinha controle, não tinha como a gente puxar nada. A água veio e destruiu a minha cozinha, disse Rutelene, moradora do condomínio.

Equipes da Cedae seguem trabalhando no conserto da tubulação que estourou e disse que vai avaliar os prejuízos.

Assista o vídeo aqui!

Leia mais notícias aqui!

Fonte:G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here