É criado um Manual de Limpeza para os condomínios

0
95
Manual de limpeza dos condomínios
Manual de limpeza dos condomínios

Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional (Abralimp) recomendou alguns procedimentos de limpeza e desinfecção adequada para certificar que que a proteção dos moradores, visitantes e funcionários.

Pensando numa forma de auxiliar e padronizar os protocolos de limpeza em condomínios, tanto residenciais como comerciais, que possuam profissionais próprios na limpeza, contribuindo no combate a disseminação do novo coronavírus, a Abralimp criou o “Manual de Procedimentos de Limpeza durante a pandemia da Covid-19 para condomínios e suas áreas comuns”, que oferece informações fundamentais a respeito dos métodos de limpeza, equipamentos e tipos de produtos químicos indicados.

 

 

Trata-se de um vírus novo, e com poucos estudos comprovados que demonstram seu comportamento, diante disso, o manual tem como objetivo mostrar maneiras imediatas de prevenção e controle de transmissão. As recomendações estão ajustadas com as orientações do Ministério da Saúde, da Organização Mundial da Saúde (OMS), da Associação Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e das demais entidades de saúde.

A Abralimp salienta que é fundamental que durante o processo emergencial do período de pandemia, que os colaboradores recebam treinamento. “É imprescindível a orientação constante de todos os profissionais para a prevenção da transmissão de agentes infecciosos”, destaca o Manual.

Orientações

Segundo o manual da Abralimp, a higienização deve seguir uma sequência padrão para a continuidade da limpeza no ambiente, aplicando técnicas corretas, e os equipamentos e produtos apropriados.

 

 

Para aumentar o combate a proliferação do vírus, a principal recomendação é aumentar a frequência de todo o processo de higienização das superfícies, dar bastante atenção para as áreas onde circulam mais pessoas, e superfícies que as pessoas mais tem contato, como por exemplo: corrimão, maçanetas, barras de apoio, botões de elevadores, interruptores, fechaduras, aparelhos de telefone, interfones, entre outros.

Preparativos para a limpeza

Para começar a preparar a limpeza, antes tudo, é importante higienizar as mãos e colocar os Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) necessários para a ação. Lembrando que os materiais utilizados no método devem ser preparados primeiro.

Já nos produtos que serão utilizados para a higienização, deve-se preparar o pulverizador com o produto químico e nomear o recipiente onde será colocado e utilizado para a atividade.

É recomendado que se utilize diferentes equipamentos, panos, escovas e esponjas para os procedimentos de limpeza e desinfecção. Também devem ser usados os equipamentos específicos para a limpeza de cada mobília, pisos e banheiros.

 

 

Observações para efetuar a limpeza

É muito importante que se utilize os EPIs, só assim a proteção do colaborador será garantida. E vale ressaltar que a higienização e a desinfecção devem ser feitas em um único sentido, para evitar que se confunda os lugares que já limparam com os lugares que não limparam, e também para evitar que espalhem a contaminação para outros lugares.

A limpeza deve começar pela área menos suja para a mais suja. Sempre de cima para baixo. E não misture os produtos químicos.

Redação Síndico Legal: Toheá Ranzeti

 

Leia mais Conteúdo Exclusivo aqui!

 

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here