Dicas para quem quer reformar o apartamento

0
88
Dicas para quem quer reformar o apartamento

Estamos cientes que um apartamento usado, tem um preço mais acessível do que um imóvel novo, porém em alguns casos é necessária uma boa reforma.

 

Veja alguns passos a seguir antes da aquisição: 

  • No caso da aquisição de um apartamento mais barato, possivelmente será necessário uma reforma, e boa parte do valor economizado será investido nessa reforma, podendo assim deixar do seu jeito e sair da mesmice de um apartamento novo, entregue pelas construtoras, porém deve-se atentar a fim de evitar adquirir um imóvel com uma estrutura precária.
  • Fazer um cálculo orçamentário com um engenheiro ou arquiteto garante uma confiabilidade e precisão maior dos custos da sua reforma, assim você garante que não será um mal investimento. Atenção, nem sempre o dono ou a imobiliária vão estar corretos ou agirem de boa-fé, por isso é importante que contrate um profissional especializado.

 

 

  • A construção ou a reforma, leva-se muito tempo, principalmente na questão de acabamento, por isso tenha em mente quanto tempo demora a conclusão, evitando um desconforto e uma obra com um acabamento ruim, saiba que imprevistos acontecem e por isso pode ser que atrase o término da reforma.
  • O profissional contratado deve saber dos seus gostos para que a reforma seja exatamente o que você procura, tornando um ambiente agradável e que atenda suas necessidades, como escolha e estilos dos móveis, cores, pinturas, iluminação, posição dos lavatórios, pias, interruptores e tudo mais que achar necessário.

 

 

  • Contratar uma empreiteira (empresa responsável pelos profissionais que executam a obra, pintores, eletricistas, encanadores, pedreiros) pode sair caro, porém há uma garantia maior tanto na qualidade quanto no prazo de entrega da reforma.
  • Ao reformar, você pode optar por manter algumas coisas na disposição atual ou podem ser alteradas, em qualquer uma delas a substituição da fiação ou encanamentos dará uma segurança por um longo período e uma economia na energia. Dependendo dos materiais novos que você escolher e a qualidade, esse período sem necessidade de manutenção pode ser de até 20 anos.
  • É de extrema importância que ao adquirir o imóvel, entre em contato com o síndico e os gestores do edifício para saber as datas e horários que poderá ser feita a reforma, as regras e normas do prédio para que não acarrete em multas e problemas com o condomínio e os condôminos.

 

Gostou desta matéria? Acesse o portal Síndico Legal para ver essa e outras matérias.

 

Toheá Ranzeti – Redação Síndico Legal

 

Leia mais conteúdo exclusivo aqui!

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here