Dicas: Como criar um jardim de temperos no apartamento

0
104
Como criar um jardim de temperos no apartamento
Como criar um jardim de temperos no apartamento

Recentemente ouvimos falar de uma ideia bastante interessante e com um valor nutricional impressionante, e resolvemos compartilhar essa ideia com vocês, principalmente para aqueles que moram em apartamentos. Você já ouviu falar no jardim de temperos? Não? Pois bem, além de útil, a plantação também acaba decorando o ambiente e deixando um cheiro delicioso no ar.

O jardim de tempero tem se tornado o queridinho daquelas pessoas que gostam de cozinhar, mas que estão morando em apartamentos e não possuem a facilidade da terra e das plantas. Existem pessoas que não só gostam de cozinhar como também preferem usar os temperos frescos e sem agrotóxicos. E estes ambientes acabam se tornando úteis dentro de casa, além de servir também como uma decoração, deixando o ambiente com um aroma amamos agradável.

 

 

Jardim de temperos

Uma das preocupações na hora de começar a montar o jardim de temperos é a questão do sol, como qual a quantidade de tempo que essas plantas serão expostas ao sol. Lembrando que as hortaliças devem receber, pelo menos, cinco horas de luz solar por dia. Por isso, é importante montar o famoso jardim de temperos na varanda ou próximo a uma janela.

Outra questão que é levantada é em relação ao vento, pois algumas espécies de plantas não são muito tolerantes às ventanias.

Passo a passo

Primeiramente, escolha uma jardineira ou um vaso, use terra vegetal, areia de construção e adubo. Na montagem, você pode usar pedrinhas no fundo do vaso ou cacos de telha, depois jogue a areia úmida e a mistura que você fez da terra vegetal com o adubo.

Lembre-se de fazer alguns furos no fundo do seu recipiente, caso o modelo escolhido não tenha, pois é assim que a água em excesso será escoada. O ideal é fazer no mínimo 3 furos, mas a quantidade pode variar de acordo com o tamanho do seu vaso.

Misture bem a terra para deixá-la bem fofa, caso você não tenha uma ‘pazinha’, você pode usar uma colher velha.

 

 

Retire do saco plástico ou vasinho as mudas com cuidado para não machucá-las, pois elas são muito sensíveis, e transfira ela para a nova jardineira ou vaso, depois complete com terra. Por fim, regue as plantas com o regador.

É importante ressaltar que a horta deve ser regada todas as manhãs para que o solo esteja sempre úmido, mas sem deixar encharcar.

Esse tipo de jardim fica melhor com hortaliças de raízes curtas, como coentro, alface, salsa, cebolinha, couve, rúcula e pimentão, podendo até plantar frutas de pequeno porte, como morangos e tomate-cereja. Os vegetais de raizes longas não são fáceis de se adaptarem a solos rasos.

Dicas

Não coloque muitas espécies de plantas num só vaso, nos vasos pequenos escolha apenas uma espécie, nos médios coloque duas, e assim por diante.

Um bom local para deixar o vaso se possível, é na janela da cozinha, pois além de receber a iluminação adequada, também receberá água constantemente.

 

 

Existem suportes para instalar os vasos e jardineiras nas paredes ou muros, e também acabam sendo ótimas opções para lidar com a falta de espaço. Sem contar que mantém o jardim longe dos ‘pets’.

Alguns modelos de painéis de madeira, ou até mesmo madeiras reaproveitadas podem se tornar suportes para colocar os vasos.

Se você ainda não tinha parado para pensar em ter o seu próprio jardim de temperos em casa, agora é a hora. Aproveite as nossas dicas e comece já o seu!

Redação Síndico Legal: Tohea Ranzeti
Leia mais Variedades aqui!

 

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here