Desabamento de caixa-d’água ainda causa transtornos em Diadema

0
154
Empresa de energia teve que disponibilizar gerador para moradores que estavam sem luz Aline Melo Do Diário do Grande ABC 25/08/2020 | 00:01 Comentários 0 Comentário(s) Comunicar erros Comunicar erros AddThis Sharing Buttons Share to Facebook Share to TwitterShare to LinkedInShare to PinterestShare to ImprimirShare to Mais...
Empresa de energia teve que disponibilizar gerador para moradores que estavam sem luz Aline Melo Do Diário do Grande ABC 25/08/2020 | 00:01 Comentários 0 Comentário(s) Comunicar erros Comunicar erros AddThis Sharing Buttons Share to Facebook Share to TwitterShare to LinkedInShare to PinterestShare to ImprimirShare to Mais...

Um dia depois do desabamento de uma caixa-d’água desativada, que resultou na destruição total ou parcial de ao menos nove veículos, os moradores do bairro Serraria, em Diadema, ainda convivem com os transtornos do incidente.

Com a queda da estrutura na Avenida Afonso Monteiro da Cruz, diversos cabos de alta tensão foram desligados e a Enel teve que instalar geradores para os munícipes que ainda não puderam ter o fornecimento restabelecido.

Segundo a empresa, somente após a retirada do reservatório, serviço que ainda não tem prazo para ser concluído, os trabalhos de reinstalação da rede poderão ser finalizados. Cerca de 96% dos moradores já contam com o abastecimento regularizado.

 

 

Síndico do condomínio Mata Virgem 2, Givanildo Feliciano, 61 anos, relatou que muitos moradores do seu conjunto habitacional estão sem abastecimento de água desde ontem, porque, na queda, a caixa-d’água destruiu diversos relógios medidores.

O incidente resultou também na quebra parcial do muro do condomínio e, durante a noite, pessoas foram flagradas entrando no local para furtar botijões de gás. “Não chegaram a levar nada e agora vamos nos revezar para fazer vigilância”, afirmou o síndico. Feliciano espera que a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) – contratante da obra de demolição do reservatório – auxilie com a segurança.

 

 

No condomínio Santa Vitória, que fica em frente ao local onde estava o reservatório, o muro também foi parcialmente danificado e os moradores seguem sem abastecimento de água. O síndico Tomaz Batista dos Santos, 42, relatou que funcionários da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) estiveram ontem no local e havia a expectativa de que o abastecimento de água fosse retomado, no entanto, no fim da tarde informaram que a expectativa é que o abastecimento seja restabelecido apenas hoje.

A Sabesp explicou que, dos três cavaletes danificados, dois já foram consertados e a previsão é que o abastecimento de todos os moradores seja normalizado hoje.

A Prefeitura de Diadema informou no domingo que a obra de demolição do reservatório que estava sendo executada pela GG Demolidora estava paralisada por falta de alvará e que a retomada das atividades, realizada na manhã do domingo, não havia sido autorizada.

 

 

A CDHU informou, em nota, que acionou, por meio de seu departamento de obras, o consórcio Nor Brasil TPD, a quem cabia cumprir todas as exigências para a demolição das caixas-d’água desativadas – o outro reservatório que tinha no local já havia sido removido. A companhia destacou que seu departamento jurídico está acompanhando a efetivação das responsabilidades por parte do consórcio.

A nota da companhia mencionou que a área está isolada e a perícia deu início aos trabalhos. “O departamento social da CDHU está prestando atendimento aos moradores. Dois geradores já estão no local para fornecer energia elétrica para parte das residências que ficaram sem luz”, detalhou o comunicado.

Em relação aos prejuízos causados pelo acidente, a CDHU alegou que já acionou o seguro contratado para a execução dos serviços para indenizar os proprietários dos veículos. “A companhia esclarece ainda que a Prefeitura de Diadema solicitou que a referida área fosse entregue ao município livre e desimpedida como parte do projeto de regularização do empreendimento, que prevê a construção de novos reservatórios de água”, concluiu o comunicado.

 

Fonte: Diário do Grande ABC

 

LEIA TAMBÉM

 INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here