Cuidados que se deve ter ao morar em apartamentos

0
59
Cuidados que se deve ter ao morar em apartamentos

Os condomínios são lugares maravilhosos para morar, trabalhar e até descansar. Mas viver em uma comunidade exige cuidado, paciência e respeito, tanto às leis que regem os condomínios como o respeito aos demais condôminos e o próprio empreendimento em si.

Tudo isso influencia na tomada de decisão de optar por viver em condomínios, principalmente ao se tratar de apartamentos, pois a proximidade é ainda maior.

Viver em um apartamento possui suas vantagens e desvantagens, pensando nisso, o portal Síndico Legal separou algumas dicas importantes que podem te auxiliar nessa decisão e também no dia-a-dia em comunidade.

Silêncio silencio

Nessa questão existe até uma Lei do Silêncio para ajudar a fazer com que seja respeitado, mas é importante observar sempre se não está fazendo nenhum barulho que possa incomodar o sossego de outro condômino.

Geralmente as pessoas buscam morar em condomínios pela segurança e pela tranquilidade, portanto, não é um ambiente que se deve ficar escutando música alta até tarde da noite.

Animais domésticos Cuidados que se deve ter ao morar em apartamentos

Não se deve proibir os animais domésticos nos condomínios. Aliás, existem normas prescritas na Convenção e no Regimento Interno que trata da presença de pets em condomínios.

Nesse quesito é essencial ter bom senso, pois muitos donos querem ter os animais, e para isso precisam ter certos cuidados.

E para os condôminos que não tem animais, mas seus vizinhos possuem, é preciso ter um pouco de paciência ao ouvir latidos, ou miados, ou qualquer outro tipo de barulho que um pet possa fazer.

Sujeira no condomínio Sujeira no condomínio 

O condomínio não é um espaço sem regras, que é permitido fazer o que quiser. Isto é, você precisa deixar o ambiente organizado sempre que tiver utilizado.

Existem condomínios que cobram taxa de limpeza em alguns espaços, como o salão de festas, quiosques de churrasqueiras, já nesses casos, e somente nesses casos, não tem problema deixar o ambiente sujo, pois a taxa de limpeza cobre esse serviço.

Cuidado com o patrimônio Cuidado com o patrimônio 

Se caso você quebre alguma coisa no condomínio, ou até mesmo seus convidados, você é o responsável, portanto é seu dever consertar ou repor o que foi quebrado.

Não é permitido jogar nada pelas janelas ou pelas sacadas, isso é um hábito muito ruim, sem contar o desrespeito com o restante dos vizinhos.

Mudanças e reformas Mudanças e reformas 

Para fazer mudanças no condomínio é preciso verificar as regras na Convenção, pois alguns condomínios limitam alguns dias e horários específicos para fazer mudanças.

Esta regra vale também para reformas, não só na questão dos horários e dias, como o que pode ou não ser feito, quais paredes podem ser modificasse, até por conta da estrutura do prédio, para que não sofra danos.

É expressamente proibido alterar áreas comuns, pois elas pertencem ao condomínio, e não são consideradas parte privadas.

Garagem Garagem 

A garagem pode até parecer calma, mas é um assunto bem delicado, e costuma ser motivos de brigas e discussões nos condomínios. Na grande maioria dos edifícios cada morador possui sua vaga de garagem, portanto não se deve utilizar a vaga de outro morador sem pedir.

Agora, quando se tem a permissão do morador para utilizar sua vaga de garagem, é mais tranquilo.

Então, caso seja necessário ter mais uma vaga, verifique com o síndico qual morador tem uma vaga que esteja sobrando ou que não esteja utilizando, e negocie direto com esse morador.

Elevador Elevator, Elevador

E por último, não menos importante, respeito o elevador e suas regras. Desde o limite de pessoas e peso, como os de social e de serviço. Até mesmo os elevadores exigem éticas e bom senso.

 

 

Tohea Ranzetti – Síndico Legal

 

LEIA TAMBÉM

FAÇA PARTE DOS NOSSOS GRUPOS 

👉 GRUPOS WHATSAPP👈

👉GRUPO TELEGRAM👈

👉INSCREVA-SE NO YOUTUBE

Artigo anteriorCorretora se diz perseguida por “machismo” e regimento que a impedem de abrir empresa em shopping
Próximo artigoFestas juninas em condomínios: saiba quais são as regras e normas para realizar eventos e não causar problemas entre inquilinos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here