Cuidados com o barulho na festa junina do condomínio

0
180

Os meses de Junho e Julho são reservados para as festividades típicas desse período: a festa junina. Com dança, comida, o xadrez na roupa e muito colorido nas bandeirolas, pessoas se reúnem para aproveitar a época.

O evento acontece nas escolas, nas ruas, nos bairros e também nos condomínios.

Enquanto uns festejam, muitas vezes o momento de alegria pode se tornar dor de cabeça para o síndico.

E para que a festança não acabe em bagunça nem confusão, segue algumas orientações para a boa convivência de todos:

Organização: uma boa opção para a organização da festa junina é contratar empresas prestadoras de serviços. Muitos condomínios contratam empresas de food trucks para alimentação.

Porém, uma alternativa para aproximar todos os condôminos é propor para os próprios moradores que vendam as comidas típicas. Para isso, é importante

A data:  é importante consultar os condôminos qual o melhor dia para que todos participam.

Decoração: convidar os moradores para ajudar. Para alugar brinquedos pode ser feito um rateio das despesas entre os moradores para que os filhos possam se divertir.

Horário: As festas em condomínios duram em média de 3 a 5 horas e devem se atentar para as regras de cada coletividade, que são muito claras. Portanto, para evitar problemas, é preciso cumprir os horários estipulados.

O síndico ou organizador pode fazer um cronograma da festa e entregar aos condôminos, assim, terá uma visão geral do que será necessário providenciar e quais as atividades já foram concluídas.

Visitantes e controle de acessos: o condômino deve comunicar a portaria, com antecedência, informando os nomes e até, se possível, o horário que irão chegar. Assim, evita conflitos e o convidado não espera por muito tempo na portaria, ainda mais em dia de festa. Cada unidade libera seus convidados para a festa. Nunca deixar entrar o visitante sem autorização.

Importante contar com o apoio dos colaboradores, ter pessoas circulando pela festa, pelo prédio, enfim, aumentar a vigilância.

O condomínio pode adotar o uso de pulseiras no dia da festa junina para identificar quem é visitante. O custo deve ser previamente aprovado entre o síndico e moradores.

Evitar chocar duas festas no mesmo dia.

 

 

Segurança Redobrada: Deve fazer um estudo prévio do espaço considerando a quantidade de pessoas, e crianças. Procure isolar áreas de risco, como piscinas. Mantenham sempre playgrounds e áreas de lazer em boas condições e certifique-se de que há sempre acompanhantes para as crianças.

Outra regra básica é dobrar a segurança, se for o caso contratar profissionais ou empresa para reforçar.

Fogueira: evitar, pois pode causar acidentes. Um risco desnecessário. Pode usar a fogueira artificial, para decoração.

A conduta dos moradores assim como os convidados deve atender algumas regras. É fundamental impor limites como a proibição de soltar balões e fogos e artifícios.

A política da boa vizinhança também deve ser respeitada quanto ao barulho, afinal, vale lembrar que nem todos gostam ou participarão da comemoração junina.

 

Geiseane Lemes – Redação Síndico Legal

 

Leia mais matérias exclusivas aqui!

LEIA TAMBÉM

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here