Cuidados com a cerca elétrica é responsabilidade do síndico e moradores

0
500

Um dos cuidados para a instalação da cerca elétrica é verificar se o equipamento está dentro das normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Conforme o empresário Alan Rogério Santos, existem critérios e regras que garantem o bom funcionamento do equipamento e segurança dos moradores. “A cerca elétrica deve estar a partir de dois metros de altura acima do nível do muro, isso é uma questão primordial de segurança”.

Outra questão importante é buscar técnicos que saibam trabalhar com esses sistemas e fazer uma escolha de produtos de qualidade para fazer o mínimo de manutenção possível. E ao contratar uma empresa fazer uma análise de risco e definir a real necessidade do condomínio.

 

Por exemplo, a metragem da cerca elétrica para comprar uma central que seja compatível e corra o perímetro total. Para condomínios recomendamos a central de alta performance. Elas são um pouco mais caras porém elas tem um maior funcionamento”. Disse Alan

O monitoramento dessa cerca elétrica pode ser feito, hoje em dia, com servidores integrados para fazer o acompanhamento em tempo real. “Normalmente a convencional pode ser armado e desarmado a qualquer momento colocando em risco todos os condôminos. Então, recomenda-se um software integrado com o servidor, um pessoa só vai armar e desarmar a cerca com uma senha específica e se alguém desarmar ficará o histórico dessa pessoa”. Explica   Alan.

 

 

Sobre a placa de advertência que deve estar na cerca elétrica também segue alguns critérios. Cabe ao síndico ou gestores do condomínio solicitar manutenção quando necessária, visto que elas são frágeis e podem ser danificadas com o vento ou chuva forte.  “A recomendação é fazer uma manutenção por mês por prevenção independente de estragos”. Avalia.

Com relação aos cuidados e preservação do equipamento, Alan avalia que a responsabilidade é de todos, tanto do síndico quando dos moradores. “Tem que ter a preocupação com o bem estar e cuidados de todos. Por exemplo, sempre que alguém ver um morador que joga o saco de lixo de dentro da casa para fora do condomínio, isso vai danificar a cerca. Um morador tem que fiscalizar o outro”. Conclui Alan.

O objetivo da cerca elétrica é sempre o mesmo: ampliar a segurança do condomínio contra roubos, furtos e invasões. Cabe ao município o poder de regular e fiscalizar a correta instalação das cercas energizadas.

Geiseane Lemes – Redação Síndido Legal

 


Leia mais noticias aqui!

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here