Cuidados ao contratar serviços terceirizados para condomínio

0
406
Cuidados ao contratar serviços terceirizados para condomínio

A terceirização de serviços através de uma empresa pode significar uma diminuição dos gastos do condomínio de até 30%, sejam elas para os serviços de segurança, limpeza ou dedetização, pois evitam transtornos como roubos, pragas entre outros problemas.

Porém é necessário estar atento se as empresas possuem procedência, qualidade, se não possuem problemas com a Justiça ou a Receita Federal. Faça uma boa pesquisa antes de contratar.

É imprescindível que a empresa terceirizada tenha todos os documentos em dia, certidões negativas, certidões de processos cíveis, criminais e trabalhistas e informações dos direitos do consumidor. Vale a pena verificar tanto o CNPJ da empresa quanto o CPF dos sócios e documentos ligados ao INSS.

Apesar do condomínio contratar pessoas terceirizadas, isso não quer dizer que esteja isento de algum processo trabalhista.

Caso a empresa terceirizada não pagar alguma despesa, o condomínio deve arcar com o custo, então, vale a pena saber se a empresa a ser contratada está sempre em dias com os recolhimentos trabalhistas e se realmente estão corretos.

 

 

Verificar também se a empresa sempre paga suas dívidas é uma boa maneira de evitar um problema.

Outra questão a ser pontuada é se a empresa possui todos os itens de segurança previstos em lei, EPI (Equipamento de Proteção Individual), e também se há treinamento dos funcionários, principalmente daqueles que exerce alguma atividade de risco ou insalubre, evitando problemas judiciais para o condomínio.

 

 

Ao terceirizar os serviços, é natural que o síndico tome frente da situação e aja como chefe em relação ao pessoal terceirizado, porém, isso não é o correto, o responsável pelos funcionários é a empresa terceirizada.

O síndico deve apenas fazer anotações referentes a qualidade do serviço, cumprimento de horários, disciplina ou o comportamento de todos, entregando uma cópia para a empresa e outra mantendo consigo para qualquer infortúnio.

Essas anotações podem evitar ações trabalhistas ou caso a empresa não realizar o que está no contrato, ela poderá arcar com as consequências, o síndico deverá procurar os meios cabíveis para uma ação por quebra contratual.

 

 

Para uma maior comodidade é indicado que busquem referências de empresas idôneas, descubra seus fornecedores, conheça o portfólio, vale até ir em outros condomínios para pedir informações.

Apresente suas dúvidas às empresas candidatas para que tomem ciência do nível do padrão do condomínio.

 

Gostou desta matéria? Acesse os conteúdos exclusivos no portal Síndico Legal.

 

Toheá Ranzeti – Redação Síndico Legal

 

Leia mais conteúdo exclusivo aqui!

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here