Condomínios estão autorizados a reabrir áreas de lazer

0
130
Decreto recomenda medidas de segurança que condomínios devem adotar (Foto: Pixabay)
Decreto recomenda medidas de segurança que condomínios devem adotar (Foto: Pixabay)

Foi publicado na edição desta quarta-feira, 16, no Diário Oficial de Sergipe, o decreto nº 235/2020 que estabelece as recomendações sanitárias que deverão ser adotadas pelos condomínios residenciais na abertura de suas áreas comuns e de lazer.

O decreto recomenda que os condomínios orientem as pessoas a manterem o distanciamento mínimo, que disponibilize álcool 70% nos espaços, intensifique a limpeza dos equipamentos e locais de uso comum, além de definir o número máximo de pessoas que poderão usar ao mesmo tempo espaços e equipamentos, evitando aglomerações.

 

 

O uso de máscaras e equipamentos de segurança é obrigatório para moradores, funcionários e visitantes.

O decreto recomenda ainda que apenas condôminos utilizem as áreas comuns. Os elevadores devem ser higienizados, os pessoas devem manter a distância de um metro dentro do elevador e os moradores de diferentes famílias devem evitar usar o elevador ao mesmo tempo.

 

 

Nas academias devem ser observados todas as normas de segurança, deve ser feito agendamento prévio e manter a distância de seis metros quadrados entre os ocupantes do espaço. Quando esse distanciamento não for possível, a recomendação é restringir o uso do espaço para pessoas moradoras na mesma unidade habitacional.

As quadras de esportes e piscina também estão autorizadas a funcionar. Para os esportes coletivos, a exemplo de futebol, vôlei, basquete, a liberação da quadra deve ser restrita apenas a moradores da mesma unidade habitacional e por tempo limitado.

Para o uso de quadras de tênis, squash e similares, o uso deve ser limitado a quatro pessoas por vez. Será permitida a presença de professores e convidados, desde que não ultrapasse as quatro pessoas usando a quadra.

 

 

Para uso das piscinas, a recomendação é que seja observado o tamanho dela. O uso pode ser feito por uma família por vez, com agendamento prévio, ou por famílias diferentes, desde que seja possível manter a distância mínima recomendada entre as pessoas. Será permitido a presença de professores mantendo o distanciamento.

E obrigatória a presença de um responsável quando menores forem fazer uso da piscina. O maior responsável deve utilizar álcool 70% para higienizar as cadeiras, espreguiçadeiras e mesas.

Fonte: InfoNet

 

Leia mais Noticias aqui!

 

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here