Condomínios devem ter cuidados especiais com pessoas idosas

0
501

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), das 204,9 milhões de pessoas existentes no país, 14,3% delas têm acima de 60 anos. Os condomínios residenciais devem respeitar as limitações das pessoas idosas e oferecer qualidade de vida. 


 

Os CONDOMÍNIOS CONSTRUÍDOS antes do ano de 2004 não foram planejados de acordo com as regras exigidas de acessibilidade a permitir a segurança para pessoa idosa, portador de deficiência e crianças.

Conforme o advogado e presidente da comissão de direito da pessoa idosa da OAB de Mato Grosso, Isandir Rezende, as alterações mais comuns feitas em condomínios que possibilita a segurança para a pessoa idosa são:

– Rampas de acesso construídas independentes de existir escadarias.

– Piso antiderrapante. Hoje por exemplo os condomínios não usam tapetes na sala de espera, pisos não são lisos demais a evitar quedas.

– A colocação de corrimãos nas escadarias, a permitir a segurança de descer com o apoio da mão.

– A piscina com entrada deverá ter escadas obrigatória com o apoio de corrimãos internos para o apoio de ambas as mãos.

– Elevadores são obrigados a ter informações em Braille, além de sintetizador de voz.

– Toda iluminação e cores claras na parede dos ambientes em comum, para permitir melhor visualidade.

Toda a construção como reformas é importante que seja contrato um engenheiro ou arquiteto, pois além de seguir a reforma de acordo a NBR 16.280/2015, mais as normas especificas de acessibilidade editada pela ABNT (NBR-9050-2015, NBR NM 313).

 


  • PRIMEIROS SOCORROS

Todo o condomínio de acordo com a Norma Regulamentadora NR-7, deve ter ao menos um funcionário treinado e equipado com material necessário à prestação dos primeiros socorros.

As pequenas mudanças além de acarretar um grande impacto positivo para os idosos, contribui para que todos tenham acessibilidade e convívio satisfatórios”. Disse Isandir Rezende.

  • MORADOR SOZINHO

Para os idosos que geralmente moram sozinhos é importante que o síndico ou zelador tenha consigo os dados de contato de algum parente ou amigo para avisar em caso de emergência.

  • COLABORADORES

Todo condomínio deve ter ao menos um funcionário, por turno, capacitado para realizar procedimentos de primeiros socorros, quando necessário. Isso vale para os colaboradores próprios ou terceirizados. Equipamentos e acessórios devem ficar em fácil acesso e nas condições perfeitas de uso.

  • BEM ESTAR

Muitos idosos são ativos, por isso o condomínio pode oferecer atividades pensadas para entreter esse público. Aulas de pintura, dança, manejo de hortas, concursos e gincanas diversas devem ser estimuladas. 

Além disso, criar espaços direcionados aos idosos como equipamentos de ginásticas próprios, áreas verdes para passeios ou, até mesmo, a disposição de mesas para carteados, xadrez, dominó e bingos recreativos são opções que garantem a diversão desses moradores.

 

Geiseane Lemes – Redação Síndico Legal

 


Leia sobre gestão aqui!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here