Condomínio sem energia esperou atendimento por cerca de 30 horas

0
286

Moradores afirmam que irão à Justiça contra a companhia devido a demora no atendimento

 

Após ter tido queda de energia em razão das chuvas da última sexta-feira, 30, o condomínio Aruã, na Avenida Norte, no bairro Luciano Cavalcante, passou aproximadamente 30 horas sem o restabelecimento do serviço.
O morador e membro do conselho administrativo do prédio, Carlos Carvalho, de 53 anos, diz que equipes da Enel Distribuição Ceará foram acionadas às 10 horas, duas horas após a falta de eletricidade. Todavia, diz, a questão foi solucionada apenas no sábado, às 15 horas, com a visita dos profissionais.
“Foi um problema para todos os moradores subirem de escada. Tem pessoas de idade, com mais de 70 anos, alimentos se estragaram, foi um prejuízo absurdo para o condomínio”. O prédio, de um bloco só, tem sete andares, que acomodam seis apartamentos cada.
Embora a energia tenha retornado, Carvalho relata que os dois elevadores e a mesa de interfone não foram normalizados. Conforme ele, técnicos da empresa responsável pelos elevadores dizem que a questão é de atribuição da Enel, já que o que ocorreu foi um curto-circuito após a volta da energia.
O novo contato com a companhia, reclama Carvalho, já foi feito, mas “não dão nem satisfação”. Ele afirma que os moradores irão à Justiça contra a companhia devido a demora no atendimento.
Por meio de nota, a Enel afirma que a forte chuva que atingiu a Região Metropolitana de Fortaleza na última sexta-feira causou a interrupção no fornecimento de energia elétrica em alguns pontos.
A empresa diz que técnicos trabalham para normalizar o serviço o mais rápido possível. Sobre o elevador, a distribuidora acrescenta que irá enviar uma equipe técnica ao local para verificar o caso.
A reportagem ainda questionou à Enel sobre a demora no atendimento aos moradores do condomínio e a quantidade de bairros da Capital afetados pela falta de energia. A distribuidora não deu respostas específicas à esses questionamentos.
Leia mais notícias aqui!
Fonte: O Povo

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here