Condomínio Busca Vida realiza pesquisa para ampliar eficácia da coleta seletiva

0
70
Condomínio Busca Vida realiza pesquisa para ampliar eficácia da coleta seletiva

Visando a preservação do meio ambiente, Condomínio Busca Vida promove pesquisa entre moradores.

A Comissão de Reciclagem do Condomínio Busca Vida (CBV), localizado em uma área de Proteção Ambiental, em Camaçari, realizou uma pesquisa virtual entre os condôminos.

O objetivo é saber o grau de satisfação, a eficácia e demais informações sobre o uso dos ecopontos instalados em locais estratégicos do condomínio. Com os resultados, ainda em tabulação, será possível nortear as próximas políticas sanitárias no CBV e contribuir ainda mais com a preservação do meio ambiente.

Segundo Petra Schaeber, que integra a Comissão de Meio Ambiente do condomínio, a implementação da coleta seletiva e a contribuição ambiental, implantada em fevereiro de 2019, é importante para viabilizar o desenvolvimento de pesquisas de diagnóstico e soluções de problemas ambientais, ao lado da proibição de fogo e queimadas para qualquer finalidade nas dependências do Condomínio Busca Vida (CBV).

Ainda de acordo com ela, há diversos desafios para implantar práticas sustentáveis nessa área de mais de seis milhões de metros quadrados, onde quase 5.000 pessoas convivem com praia, dunas e lagoa, entre aves, peixes, répteis, anfíbios e espécies que utilizam a área como berçário natural.

“Para avançarmos ainda mais, é importante que todos os moradores de Busca Vida comecem a fazer a coleta seletiva internamente. Dessa forma, será possível aumentar o volume de objetos recicláveis de maneira organizada e, ao mesmo tempo, reduzir o descarte de lixo comum”, afirma.

A separação do lixo contribui com a preservação do meio ambiente, polui menos o solo, a água e o ar, além de contribuir com a limpeza. A coleta seletiva em Busca Vida inclui materiais como papel, papelão, isopor, PVC, plásticos, alumínio, garrafas pet, tetra pak (caixa de leite), vidros e aparelhos eletroeletrônicos.

Os resíduos recicláveis são retirados semanalmente pelas Cooperativas de Materiais recicláveis de Camaçari (COOPMARC) e os descartes de vidros são direcionados para a empresa Reciclo Meio Ambiente. Eletrodomésticos como geladeiras, fogões e aparelhos de televisão também podem ser incluídos, mas, nesses casos, o recomendado é que sejam levados para a administração do CBV. Os benefícios da coleta seletiva vão além da questão ecológica e alcançam também a esfera social, ao contribuir com o sustento das famílias dos 43 participantes que integram a Cooperativa.

 

Fonte: Bahia Notícias

 

LEIA TAMBÉM

FAÇA PARTE DOS NOSSOS GRUPOS 

👉 GRUPOS WHATSAPP👈

👉GRUPO TELEGRAM👈

👉INSCREVA-SE NO YOUTUBE

Artigo anteriorDireitos e deveres dos moradores de condomínio; veja o que diz a lei
Próximo artigoGestão Energética, uma saída em tempos de crise

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

19 + dois =