Justiça proíbe morador de dirigir dentro de condomínio

0
35
condomínio de luxo em Rio Preto, o Damha 5
Reprodução

A justiça de SP proibiu um morador de dirigir dentro das dependências de um condomínio de luxo em Rio Preto, o Damha 5, na região leste da cidade. A multa, caso seja descumprida a determinação judicial, é de R$ 10 mil, por cada vez que ele dirigir dentro do local.

A ação foi impetrada pelo Ministério Público de Rio Preto, Promotoria da Infância e Juventude, depois de receber dezenas de denúncia dos vizinhos.

De acordo com o processo, esse morador que é empresário e tem 43 anos, dirigia dentro do condomínio em alta velocidade, dava cavalo de pau, sem respeitar nenhuma das normas e colocava em risco a vida de crianças e adolescentes. Existe registro de um capotamento dentro do condomínio, envolvendo esse morador.

 

 

Relatos de moradores afirmam que ele fazia manobras arriscadas a qualquer hora do dia ou da noite sem se importar com a segurança das pessoas. O pai de uma criança chegou a procurar a polícia e registrou um boletim de ocorrência depois que a filha quase foi atropelada.

Ele foi preso em junho deste ano depois de fazer vários disparos com arma de fogo dentro do condomínio e ameaças a funcionários e ao síndico. Pagou fiança e foi liberado.

De acordo com a administração do condomínio, nos últimos quatro anos, foram 24 ocorrências envolvendo o morador.

 

Fonte: SBT interior

Leia mais notícias aqui!

 

LEIA TAMBÉM

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here