Como otimizar a gestão das finanças em seu condomínio.

0
110
Como otimizar a gestão das finanças em seu condomínio.

Você sabe como otimizar a gestão das finanças em seu condomínio? Se é um síndico de primeira viagem ou está encontrando muita dificuldade com as contas do seu condomínio, chegou a hora de aprender.

É importante saber como otimizar a gestão das finanças em seu condomínio pois ela é praticamente aquilo que define se uma gestão é boa ou não. Afinal, na maior parte dos casos, os condomínios se administram “sozinhos”, cabendo ao síndico apenas controlar os recursos internos.

Quer saber como otimizar a gestão das finanças em seu condomínio? Então siga a leitura abaixo e veja algumas dicas para isso!

Entenda como otimizar a gestão das finanças em seu condomínio

A maior dificuldade que os síndicos encontram ao lidar com as finanças de um condomínio é entender o que eles podem ou não fazer para colocar os números em ordem.

Muitos ficam simplesmente paralisados, sem conseguir avançar em qualquer uma das direções.

Portanto, o primeiro passo para colocar as contas em ordem é entender quais são os poderes que você tem como síndico. Por isso, leia bem o regulamento do condomínio.

Além disso, analise do artigo 1.331 ao 1.358 do Código Civil pois eles dão fundamento jurídico para as ações do síndico, inclusive em relação a despesas do condomínio e as responsabilidades do síndico.

SAIBA MAIS SOBRE: Condomínio acionou moradora na Justiça por descumprir diversas regras do regulamento

Invista em reduzir o nível de inadimplências dentro do condomínio

No geral, o controle das finanças de um condomínio tem a ver com a relação entre os gastos e as receitas. Se você quer fazer uma boa gestão, precisa investir em reduzir os primeiros e ampliar os últimos.

Para melhorar o fluxo de receitas, uma boa ideia é investir em ações que ajudem a reduzir o nível de inadimplências dentro do condomínio.

Fazer uma campanha para colocar a mensalidade em débito automático é uma boa ideia. Outra boa ação é ter um software de cobrança que envia SMS lembrando as pessoas da data de pagamento do valor.

Encontre novas formas de receitas com o seu condomínio

Caso a situação do seu condomínio esteja muito ruim ou você tenha planos para deixá-lo mais turbinado, pode ser uma ótima ideia investir em algumas novas formas de receitas.

Uma opção é alugar o topo de um dos prédios ou de mais de um para a instalação de antenas de telefonia celular. O site Torres de Celular é especialista nisso e pode ser útil para você.

Outra forma de gerar receita é vender material reciclado do condomínio ou óleo de cozinha. Claro que o valor coletado não é extremamente substancial, mas ajuda o espaço a ter alguma renda que possa colocar tudo em dia.

Estude maneiras de diminuir os gastos internos

Caso a situação de déficit orçamentário no seu condomínio seja realmente intensa, então é caso de reduzir alguns gastos.

Mesmo que as coisas estejam em ordem, vale a pena buscar formas de cortar custos para poder ter uma folga maior no orçamento que permita investir em benefícios aos moradores.

Isso pode ser feito ao terceirizar alguns serviços do condomínio (como portaria ou limpeza), instalar uma portaria eletrônica ou usar placas de energia solar para reduzir os gastos com energia elétrica.

SAIBA MAIS SOBRE: Benefícios, incentivos e qualificação dos funcionários em condomínios

Use tecnologia para aprimorar a gestão das finanças

Caso queira fazer uma boa gestão de finanças no seu condomínio, uma boa maneira disso é investir em um software de gestão.

Eles ajudam a organizar melhor as entradas e saídas de dinheiro, identificar gargalos e trabalhar para colocar as contas em ordem mais facilmente.

Fonte:Planeta Folha

Saiba mais sobre gestão clicando aqui!

LEIA TAMBÉM

INSCREVA-SE NO TV SINDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here