Como fazer com que as Assembleias sejam mais proveitosas

0
115
Sempre que o síndico transmite todas as informações aos moradores com antecedência, faz com que a Assembleia flua com mais tranquilidade
Sempre que o síndico transmite todas as informações aos moradores com antecedência, faz com que a Assembleia flua com mais tranquilidade

Sempre quando chega o primeiro trimestre do ano é aquela correria, pois é quando começam a temporada das Assembleias Ordinárias na maioria dos condomínios. E são nessas reuniões que costumam ser discutidos assuntos importantes, como a prestação de contas, a previsão orçamentária, eleição de síndicos e diretorias, entre outros temas.

Mas uma coisa bastante chata que acontece é quando existe a baixa frequência dos condôminos nessas Assembleias. Muitas vezes isso acontece porque as Assembleias costumam ser longas demais, com pautas extensas e acabam se tornando chatas para os moradores. Pensando nisso, o portal Síndico Legal fez uma lista de como você síndico pode fazer com que as Assembleias sejam mais produtivas e menos entediantes para os que participam. Acompanhe!

 

 

Coloque em pauta somente os temas que pertencem às Assembleias Ordinárias

Durante a Assembleia, alguns síndicos acabam cedendo à pressão dos condôminos e acabam permitindo que outros assuntos sejam discutidos na Assembleia Ordinária, quando na verdade deveriam ser debatidos em outras Assembleias, como por exemplo, as extraordinárias. São esses excessos de pautas que fazem com que as Assembleias se tornem mais demoradas.

Para evitar isso, o síndico precisa seguir à risca os principais assuntos de uma Assembleia Ordinária, como prestação de contas, previsão orçamentária, e se for o caso, a eleição do síndico e da diretoria do condomínio. Lembrando que essas pautas já são bastante longas, e o tempo de duração dependerá do tamanho do condomínio.

 

 

Elabore o Edital de Convocação de forma que seja entendível

É importante criar um edital que seja bastante claro, para que todos entendam qual a verdadeira função da Assembleia Ordinária e quais assuntos deverão ser discutidos. Para começar, converse com os presentes para que assinem a lista de presença, lembrando que somente podem participar os proprietários ou os moradores locatários que possuírem a procuração. Muitos moradores não tem o conhecimento disso, por isso o síndico pode explicar isso no edital de convocação, para que os mesmos se antecipem e só compareçam na Assembleia Ordinária com o documento de representação (procuração) adequado.

 

 

Envie os documentos informando as pautas que serão discutidas junto com o edital de convocação

Quando o síndico faz isso ele já evita muitos problemas, e os gestores que fazem isso acabam mostrando eficiência, fazendo com que os condôminos tenham acesso aos assuntos, e assim participem da Assembleia Ordinária tendo o conhecimento do que será discutido.

Sempre que o síndico transmite todas as informações aos moradores com antecedência, faz com que a Assembleia flua com mais tranquilidade e sem ser muito longa. O que facilita para todos.

Redação Síndico Legal – Toheá Ranzeti

 

LEIA TAMBÉM

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here