Bicicletários dentro dos condomínios

0
105
bicicletário em condomínios
bicicletário em condomínios

A bicicleta oferece qualidade de vida, economia e sustentabilidade. Ela acaba sendo muito mais que um meio de transporte, para muitos ela já se tornou um estilo de vida.

As pessoas que utilizam a bicicleta se perguntam: Porque encarar horas de um congestionamento no trânsito se eu posso pedalar, chegar mais tranquilo no trabalho e ainda praticando exercícios todos os dias? É esse questionamento que vem sendo levantado por muitos brasileiros.

Mas se está se tornando tendência esse estilo de vida, os condomínios também precisam se atualizar e se adequar a essa nova modalidade.

 

 

Sustentabilidade

Cada ano que passa, mais as pessoas estão se preocupando com o meio ambiente e estão buscando meios sustentáveis para inserir em suas vidas.

Essas ações dentro dos condomínios são muito importantes, desde a economia de água até os cuidados com as áreas verdes, e vale destacar que o pedalar está se tornando o símbolo destaque da sustentabilidade entre as novas gerações.

E pra começar a participar desse universo, a instalação de um bicicletário dentro do condomínio é primordial. Reservar uma área específica para as bicicletas mostram que o condomínio deseja apoiar a ideia e também a preocupação que o empreendimento possui com o bem estar coletivo.

Qual o motivo de instalar um bicicletário dentro do condomínio?

Da mesma forma que existe o carro e a moto, existe a bicicleta, e ela também é um bem de consumo, também é um veículo de transporte, e devido isso também precisa ser cuidada e conservada.

Portanto, é importante que tenha um local adequado para guardá-la. Grande parte dos apartamentos são pequenos, e não possuem muitas áreas de serviço e não possuem o hobby box, o que atrapalha a vida dos ciclistas.

 

 

Afinal, onde é possível guardar as bicicletas? E é aí que o condomínio entra com o desejado bicicletário.

Hoje em dia já existe uma lei que obriga as novas construções a reservarem até 10% das vagas para estacionamento próprio para bicicletas.

No caso das construções mais antigas, a lei de bicicletários implica que seja realizada uma reforma, para que os empreendimentos se adequem as novas formas.

Como escolher um bicicletário?

Para começar a aderir esse estilo, o condomínio precisa primeiro observar alguns detalhes, e, antes de tudo, convocar uma Assembleia para discutir o assunto com os condôminos.

Nessa reunião, deve-se tratar assuntos como os locais disponíveis para instalar o bicicletário, o valor a ser investido, e qual o modelo de bicicletário a ser usado no condomínio.

 

SAIBA  MAIS SOBRE: Aumenta a importância de bicicletários nos condomínios

 

Existem diversos modelos, aqueles de chão, os de paredes e de ganchos, nos quais as bicicletas ficam penduradas. Para escolher, é interessante considerar quais os tipos de pessoas que irão utilizar o bicicletário.

Se são jovens, crianças, adultos ou idosos, pois é preciso verificar a dificuldade que se terá para colocar a bicicleta no gancho suspenso, por exemplo.

Para os idosos e as crianças, o recomendado é fixar o bicicletário do condomínio no chão. Não se deve esquecer que o ambiente deve ser coberto, para que se preserve as bicicletas.

Regras

Como toda novidade interfere na convivência geral, o uso da bicicleta precisa ser regulamentado em Assembleia.

 

 

Questões como onde deve ou não ser guardada, como deve ser a utilização do bicicletário do condomínio, e multas e advertências que podem ser aplicadas pra quem descumprir as regras. Essas informações devem ser divulgadas para que todos os condôminos estejam cientes.

Se o seu condomínio ainda não aderiu a ideia, procure saber mais sobre essa novidade, e proporcione esse benefício para os seus condôminos.

Redação Síndico Legal: Tohea Ranzeti

 

Leia mais Conteúdo Exclusivo aqui!

 

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here