As dificuldades de administrar as áreas comuns durante a pandemia

0
100
Áreas comuns do condomínio
Áreas comuns do condomínio

É do conhecimento de todos que a responsabilidade de administrar as áreas comuns dos condomínios já é uma tarefa difícil. Saber lidar, interagir e intermediar situações entre os condôminos é uma função muito difícil, e o síndico tem a obrigação de saber realizar com sabedoria.

Mas se já é difícil administrar as áreas comuns em dias normais, imagina durante a pandemia, não é mesmo? Onde o isolamento social está sendo primordial no combate à doença, é bem complicado para o síndico conseguir controlar os ânimos dos condôminos e fazerem cumprir as normas e regras durante esse período.

Geralmente, os condôminos acabam entendendo que existem determinações de segurança que precisam ser tomadas, e a readequação das áreas comuns da parte dessas mudanças. Alguns síndicos buscaram meios e materiais para ajudar no combate à doença, mas ter o apoio dos moradores é fundamental.

 

Áreas comuns

Para fazer a liberação das áreas comuns é preciso planejamento e regras. Ao organizar o uso das área abertas, como as quadras e piscinas acaba que evita a aglomeração nas outras áreas comuns do condomínio, como as academias, sala de jogos. Sabe-se que a área comum mais procurada é exigida pelos condôminos é a academia, e existiu uma expectativa muito grande para que esse ambiente fosse liberado, não só nos condomínios, mas nas academias das cidades também. Mas sabe-se também que para poder continuar com essa flexibilidade é preciso obedecer as regras.

 

 

Não é porque foi liberado que não precisa ter cuidado com o coronavírus, é preciso ainda estar atento as determinações dos órgãos de saúde, como o uso obrigatório da máscara, manter sempre higienizado os aparelhos com álcool 70%, antes e após o uso, e também está sendo recomendado limitar o tempo de uso dos condôminos, para que todos os moradores possam usar.

Lembrando que se o condômino descumprir e não utilizar a  máscara nas áreas comuns, o síndico poderá notificá-lo, e se o descumprimento ainda persistir, é possível a aplicação de multa.

 

 

Outra questão importante é que para definir quais serão as regras mais específicas sobre o uso das áreas comuns, como será feita a fiscalização, o tempo permitido, se terá agendamento ou não, é necessário definir isso em Assembleia, mediante aprovação dos condôminos.

Durante a Assembleia para votar quais as regras do uso das áreas comuns, é interessante que os condôminos tenham bom senso. Muitos moradores sentem necessidade de praticar exercícios físicos e estão há meses sem poder utilizar a academia, portanto é recomendado um planejamento, para que todos possam utilizar de forma organizada e sem desrespeitar as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde).

 

 

Obras

Já é do conhecimento da maioria que as obras durante a pandemia causaram bastante alvoroço. E que as regras podem variar de região para região, e também da interpretação do síndico e nos casos mais graves, da Justiça.

Na maior parte dos condomínios foram permitidos algumas obras emergenciais e de reparos. Sendo proibidas as obras de ampliação.

Mas com o retorno de algumas atividades, em algumas cidades já foram liberadas as obras de reparo, reforma e até mesmo as obras de ampliação.

O retorno está sendo gradativo, para manter a Covid-19 controlada de certa forma, e assim, menos vítimas. Então, vamos continuar seguindo as recomendações, e esperar que tudo isso acabe logo!

Redação Síndico Legal: Tohea Ranzethi 

 

Leia mais Conteúdo Exclusivo Aqui!

 

LEIA TAMBÉM

 

INSCREVA-SE NO CANAL DA TV SINDICO LEGAL!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here