Andaime fica pendurado com pessoas presas no Edifício Maletta, em BH

0
185
Corpo de Bombeiros de MG/Divulgação

Um andaime com três pessoas ficou pendurado no Edifício Arcângelo Maletta, na Rua da Bahia, no Centro de Belo Horizonte, na manhã desta quarta-feira (10), segundo o Corpo de Bombeiros. A estrutura tombou na altura dos últimos cinco andares do prédio. Por volta das 10h20, as três pessoas foram retiradas pela janela.

O edifício é um dos mais tradicionais de Belo Horizonte. Apartamentos, salas e bares fazem parte do prédio. São 19 andares na área comercial e 31 na residencial. O Maletta possui 319 apartamentos, 642 salas, 72 lojas e 74 sobrelojas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os resgatados são trabalhadores que faziam a limpeza da fachada, a cerca de 49 metros de altura. Houve o travamento de um dos freios do andaime, conforme o tenente André Vinte, e os operários estavam com equipamentos adequados.

“Um problema mecânico em um dos andaimes da obra que está tendo na parte residencial, o qual veio se desnivelar e ficaram presos três trabalhadores em altura, três operários. Mas estavam com todo o aparato de segurança. […] A equipe responsável pela engenharia vão apresentar toda a documentação, mas a princípio, na parte de execução, nada foi observado”, disse o tenente André Vinte.

O bombeiro disse que um deles estava no primeiro dia de trabalho no andaime e ninguém se feriu. “Não houve nenhum ferido, não houve nenhum dano ao patrimonio. Segundo as testemunhas, acho que chegou a cair um saco de argamassa, o que assustou algumas pessoas”, completou.

A reportagem entrou em contato com o síndico do edifício, que disse não ter interesse em se posicionar sobre o ocorrido. A administração do prédio reforçou que houve uma parada no motor e disse que trabalhadores não correram risco, pois usavam equipamentos de segurança.

Toda a faixada da Avenida Augusto de Lima e Rua da Bahia está sendo revitalizada, e o restante do prédio será pintado.

Leia mais notícias aqui!

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here