Administração de condomínio na Grande BH desmente boato sobre matança de gatos.

0
66
Administração de condomínio na Grande BH desmente boato sobre matança de gatos.
Morador do condomínio, localizado em Brumadinho, divulgou áudios no WhatsApp denunciando uma suposta morte de felinos; administração diz que homem tem histórico de problemas.

Um áudio denunciando uma suposta matança de gatos no condomínio Retiro do Chalé, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, ganhou força em grupos de WhatsApp nesta semana. Na gravação, um homem – morador do condomínio – fala que uma pessoa, a qual ele se refere como “demônio”, estaria matado animais no local.

“Existe um demônio matando todos os gatos do Retiro do Chalé. Eu quero dizer que eu vou descobrir quem ele é, e ele vai mudar daqui”, diz o denunciante em um trecho da mensagem. Pouco tempo depois de divulgar o primeiro áudio, outra gravação foi compartilhada, dessa vez detalhando o local onde supostamente teria acontecido a matança de gatos no condomínio.

“Por enquanto não veio nenhum covarde me procurar. Então, a partir de hoje, eu e a galera de Deus estamos intitulando todos os moradores da Alameda… de demônios do Retiro do Chalé”.

Em vários trechos da gravação o morador demonstra estar irritado e chega a usar tom de ameaça contra quem teria promovido a suposta matança dos felinos. “Quando eu descobrir quem está matando os gatos no Retiro do Chalé, eu não vou chamar a polícia não. O problema vai ser comigo”, expõe o autor do áudio.

 

SAIBA MAIS SOBRE: Espaço pet em condomínios: Por que investir em um ambiente exclusivo para animais de…

 

Procurada pela reportagem, a administração do condomínio negou que tenha havido matança de gatos no local. De acordo como um agente da administração, que pediu para não ser identificado, o homem que denuncia os supostos maus tratos contra os animais tem histórico de trazer problemas para os moradores locais.

 

 

“Isso virou a maior confusão aqui no condomínio. Estamos apurando, porque não teve nenhuma outra queixa nesse sentido. Esse homem é um psicopata, um usuário de drogas, e sempre traz problemas”, relatou o agente.

Ainda de acordo com o agente da administração, após o áudio circular, os moradores do condomínio foram procurados para verificar se animais teriam sido mortos no local, mas só houve a confirmação de um gato morto.

 

 

“Tivemos dois casos de gatos mortos aqui, um nesta semana e outro há mais de um mês. Estamos apurando, porque não teve nenhuma outra queixa e nem sabemos o motivo pelo qual o gato morreu (no último fim de semana)”, explicou.

Nenhum registro de maus tratos de animais no condomínio Retiro do Chalé foi recebido pela Polícia Militar, conforme informações da assessoria da corporação.

De acordo com o tenente José Wilson de Assis, do Batalhão de Meio Ambiente da PMMG, casos de maus tratos contra animais podem ser informados pelo disque-denúncia (181) ou pelo telefone 2123-1616. As denúncias também podem ser feitas pelo 190.

Denúncia falsa é crime 

Caso a denúncia sobre a suposta matança de gatos seja falsa, e comunicada oficialmente à polícia, o autor da gravação poderá responder por denunciação caluniosa ou por comunicação falsa de crime, conforme explica o tenente Assis.

“Se este denunciante souber que não está acontecendo as mortes, e mesmo assim fizer a denúncia, ele responderá a processo criminal”, explica.

“Se, realmente, esta denúncia proceder, quem cometeu a agressão contra os animais ou o animal pode responder por maus tratos e estará passível a uma infração administrativa (multa)”, explica o militar.

 

SAIBA MAIS SOBRE: Moradores denunciam ‘serial killer’ de gatos em condomínio

 

Contato com denunciante 

A reportagem solicitou o contato do homem que gravou o áudio junto ao agente da administração do Retiro do Chalé, que mora no condomínio e recebeu os áudios, mas não foi atendida.

Fonte:O Tempo
Leia mais sobre Animais em Condomínios clicando aqui!

 

LEIA TAMBÉM

INSCREVA-SE NA TV SÍNDICO LEGAL CLICANDO AQUI!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here