Ações do Bem em seu Condomínio, Coleta de Pilhas e Baterias!

0
894

Ao adotar ações sustentáveis, o condomínio não poderá deixar de recolher as pilhas e bateria e dar destino correto a elas.

O local necessário é pequeno, como uma caixa de papelão, que poderá ser colocada em um suporte próximo do hall dos elevadores, localizado na garagem e sem custo para moradores.

Por meio de circulares, a administração poderá conscientizar os moradores sobre os perigos que o descarte incorreto desses objetos pode acarretar á saúde e ao meio ambiente.

Está comprovado que algumas substancia da composição química da baterias são potencialmente perigosas e podem afetar a saúde são : o chumbo pode provocar doenças neurológicas, o Cadmo e o mercúrio que afetam as condições motoras.

As empresas legalmente estabelecidas no Brasil, que compõe o Grupo Técnico de Pilhas da Associação Brasileira de Indústria Elétrica e Eletrônica (ABINNE), tem investido muito para reduzir ou eliminar o uso desses materiais, o que não acontece com as pilhas de segunda linha, adquiridas, por exemplo, em camelos.

 

 

O sindico deve alertar também sobre os cuidados que deve ter com as pilhas ou baterias, tais como: não misturar pila nova com pilha velha, não misturar também com pilhas de sistemas eletroquímicos diferentes, não remover o invólucro das pilhas, não guardas as pilhas usadas em qualquer lugar, descartá-las adequadamente o mais rápido possível.

Caso o corra vazamento lave com água e sabão abundantemente, caso haja irritação procurar o medico.

Jamais jogar pilhas no fogo pois elas podem explodir. Nem tentar carregar pilhas que não são recarregáveis.

Segundo o Conselho nacional de meio ambiente (CONAMA), desde novembro de 2010 postos de recebimento de pilhas estão disponíveis em varejos, como supermercados, os quais dão a esses materiais um fim sustentável, evitando que pilhas e baterias acabem em aterros sanitários.

 

Fonte: Rosely Benevides de Oliveira Schwartz- Revolucionando o Condomínio.

Leia mais sobre gestão aqui!

 

LEIA TAMBÉM

 

Gostou? Compartilhe

Artigo anteriorDividas surgidas após o registro da convenção do condomínio tem natureza propter rem.
Próximo artigoCondomínio impõe regras para os contratos de locação de curto período

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × um =