Ação em condomínios transforma plástico em projetos para animais abandonados

0
111
Coletores foram distribuídos em condomínios do Rio Divulgação/ Redes Sociais

Sessenta condomínios da Zona Sul do Rio receberam coletores de tampinhas recicláveis nesta terça-feira (18).

A iniciativa da Secretaria Estadual de Agricultura tem como objetivo absorver a maior quantidade de tampinhas possíveis, para que elas sejam transformadas em ração e castração para ONG’s, projetos e protetores independentes. Para o projeto, a Secretaria firmou uma parceria com o RioSolidário e com o Rio Eco Pets.

“Além do meio ambiente, o que eu vejo e com muita tristeza nas ruas diariamente, são muitos filhotes de animais abandonados. E isso só vai parar quando todos tiverem a consciência da importância da castração.

Recolher essas tampinhas é muito importante, porque sabemos que o destino delas é exatamente esse, a castração de animais abandonado“, comentou Gladys Vieira, síndica de dois condomínios da Zona Sul que receberam a ação.

O projeto quer alcançar o máximo de condomínios no Estado e busca ampliar os coletores para lojas pet, vilas, bares e restaurantes. Para colocar o coletor, é preciso enviar uma mensagem para o WhatsApp (21) 98133-5740 com nome, endereço do condomínio e nome e telefone do síndico.

Após fazer o pedido, o responsável por cada condomínio, deve assinar um termo de comprometimento para que o material reciclável recolhido seja entregue à Secretaria.

“Eu faço questão de ajudar e ainda levo as tampinhas para minha casa, lavo todas antes de entregar. Agora eu comecei a pedir ajuda dos condomínios vizinhos e todos estão bastantes empenhados nessa causa, que tem um objetivo muito nobre, ajudar esses animais”, disse Gladys.

 

Fonte: Band

LEIA TAMBÉM

 

👉INSCREVA-SE NA TV SÍNDICOLEGAL CLICANDO AQUI!👈


FAÇA PARTE DE NOSSOS GRUPOS NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

👉 CLICANDO AQUI! 👈

Artigo anteriorSíndicos: confira 5 dicas de como manter o ambiente saudável no condomínio
Próximo artigoCondomínio impede escola de receber serviços da Cosanpa e Defensoria entra com ação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here